13-mar-2013 às 10:14

    PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES COM DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: UMA ABORDAGEM FISIOTERÁPICA

    Profile of the patients with temporomandibular disorder: a physiotherapeutic approach

    Mirelle de Oliveira Saes1, Débora Baiocco Nogueira2, Mariana Silva da Silveira3, Fernando Carlos Vinholes Siqueira4.


    Frequentemente, portadores de Disfunção Temporomandibular (DTM) vêem apresentando problemas associados, tais como alterações posturais, da mecânica ventilatória e interferência em suas atividades de vida diária. Desta forma, torna-se relevante a atuação do fisioterapeuta com os demais profissionais no tratamento desta morbidade.

    (mais…)

    Deixe um comentário

      16-jan-2013 às 12:58

      AVALIAÇÃO POSTURAL EM SUJEITOS COM DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR SUBMETIDOS A TRATAMENTO DE TERAPIA MANUAL

      Postural Assessment in Patients with Temporomandibular Disorder Treated with Manual Therapy.

      Fernanda Morais Oliveira¹, Gabriel Silva Nitch², Ricardo Mitsunaga Mory³, Cristiane Rodrigues Pedroni4.

      Indivíduos com disfunção temporomandibular (DTM) apresentam muitas vezes como sinais e sintomas dor intra-articular, espasmo muscular, dor irradiada no pescoço entre outros que interferem nesse equilíbrio.
      (mais…)

      Deixe um comentário

        13-maio-2010 às 21:50

        Comparação entre Técnicas Osteopáticas e Fisioterapia Convencional para o Tratamento das Desordens Temporomandibulares

        Comparison between Osteopathic Techniques and Conventional Physiotherapy for Treatment of Temporomandibular Disorders

        Walkyria Vilas Boas Fernandes¹, Alexandra Bezerra Michelotto², Sérgio Kimura³

         

        Resumo

        O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão de literatura para comparar a eficácia das técnicas osteopáticas e fisioterápicas convencional no tratamento das desordens temporomandibulares (DTM). O presente estudo realizou um levantamento bibliográfico nacional e internacional no período de 1981 a 2008. (mais…)

        Deixe um comentário