17-dez-2016 às 12:40

    BENEFÍCIOS DA NATAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO MOTOR DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN

    O objetivo deste estudo foi analisar os benefícios da natação para o desenvolvimento motor de crianças com Síndrome de Down.
    (mais…)

    Deixe um comentário

      24-out-2014 às 18:54

      Atividade e Terapia Assistida por Animais – A/TAA

      Ana Beatriz Sabino Lopes¹, Gláucia Mayumi Nabissima¹, Isabela Maria dearo Galheigo1, Lejania dos Santos Marques1, Adriana piccinin2 , Nelson Francisco Serrão Junior2

      Introdução: A Terapia Assistida por Animais (TAA) é a utilização do contato com animais para fins terapêuticos que é utilizada a mais de 40 anos no Brasil e que hoje abrange um grande espaço em escolas, asilos, bibliotecas, e hospitais.

      Metodologia: Revisão de literatura através de bases de dados eletrônicas Scielo, Bireme e PubMed, acervo da biblioteca da FSP, análise de artigos científicos e livros.

      Objetivos: descrever os benefícios do emprego da TAA utilizando revisão de literatura.

      Desenvolvimento: Gatos, cachorros, cavalos, e outros animais podem ajudar através de confiança e amor, no tratamento ou na fase de reabilitação de um indivíduo, pois eles conseguem equilibrar as emoções e em alguns casos restabelecer as funções do organismo. Um exemplo tradicional da TAA é a Equoterapia, que utiliza cavalos para reabilitar pacientes com esclerose múltipla, paralisia cerebral, Síndrome de Down. Caracteriza-se por utilizar um conjunto de técnicas reeducativas e atividades lúdico-desportivos para promover a superação de danos sensoriais, motores, cognitivos e comportamentais. O método emprega o cavalo, como agente motivador para ganhos físicos e psicológicos. Esta atividade exige a participação do corpo inteiro, contribuindo assim para a postura, força muscular, equilíbrio, conscientização do próprio corpo e coordenação motora. Brincando com os animais, cuidando deles, o paciente esquece os incômodos do tratamento.

      Considerações finais: os animais ajudam a recuperar a auto-estima e estimular o equilíbrio mental. Devemos, portanto nos aproximar cada vez mais desses seres tão significantes em nossa vida e tratá-los com muito amor para que esse sentimento seja recíproco.

      Palavras-chaves: auto-estima, fisioterapia, “pet” terapia.

      Palavras-chave: Exacerbação, DPOC, reabilitação.

      Sobre o autor:

      1. Discente do Curso de Fisioterapia, Faculdade do Sudoeste Paulista – Avaré/SP.

      2. Orientador Docente da Faculdade Sudoeste Paulista – Avaré/SP.

      Deixe um comentário

        29-abr-2013 às 16:09

        BENEFÍCIOS DA REABILITAÇÃO CARDÍACA AMBULATORIAL EM PACIENTES PÓS-INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO

        Benefit of cardiac rehabilitation in ambulatory patients after acute myocardial infarction

        Patricia Maia Botelho¹, Christiana Bárbara da Cruz Santos², Aline Silva Baldoino³

         

        A capacidade física e funcional são as principais causas de incapacidade em realizar as atividades laborais e pessoais, além de fatores psicológicos que influenciam em uma má qualidade de vida em pacientes pós-infarto agudo do miocárdio (IAM).


        (mais…)

        Deixe um comentário

          13-maio-2010 às 21:59

          Benefícios da Fisioterapia na Melhoria da Qualidade de Vida na Terceira Idade

          Benefits of the Physiotherapy in the improvement of the quality of Life in the Third Age.

          Francisco Vagner Afonso Dias¹ Ana Luiza Guerra Medeiros¹, Emanuel Ayres de Medeiros¹,
          Adelyanna Ramalho Palitot¹, Andressa Véras de Queiroz¹, Alidiane Morais da Silva¹

          Resumo

          Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a faixa etária de sessenta anos ou mais é a que mais cresce em termos proporcionais no Brasil. O aumento da população de idosos implica em ampliações das demandas sociais e representa um grande desafio político, social e econômico. (mais…)

          Deixe um comentário