07-maio-2013 às 16:52

    VARIAÇÕES ANATÔMICAS NO PERCURSO DA ARTÉRIA VERTEBRAL E SUAS IMPLICAÇÕES NAS MANIPULAÇÕES CERVICAIS – REVISÃO DE LITERATURA

    [addtoany]

    Anatomical variations in the course of the vertebral artery and its implications in cervical manipulations – review

     

    Denis Guilherme Guedert1

    Dor no pescoço é uma das queixas mais comuns da população em geral, a terapia manual tem se mostrado eficaz para o tratamento de certas disfunções músculo esqueléticas, sobretudo aquelas que afetam a região cervical1,2.

    Resumo

    Dor no pescoço é uma das queixas mais comuns da população em geral, a terapia manual tem se mostrado eficaz para o tratamento de certas disfunções músculo esqueléticas, sobretudo aquelas que afetam a região cervical1,2.

    A artéria vertebral provê sangue para a região superior da medula espinal, tronco encefálico, cerebelo e hemisférios cerebrais, devido a sua importância para a prática do profissional de terapia manual durante manipulações cervicais buscou-se neste artigo a realização de uma revisão de literatura sobre as variações encontradas na artéria vertebral a fim de tornar os profissionais de terapia manual e demais profissionais da saúde mais conscientes sobre as inúmeras variações acerca desta artéria, os relatos encontrados apontam para uma grande gama de variações em todos os segmentos da artéria, associado a isso observa-se que as variações da artéria vertebral podem predispor  o indivíduo a sofrer uma lesão caso seja manipulado tornando a variação anatômica da artéria uma contra indicação para a manipulação cervical. no entanto nem sempre é possível detectar tais variações antes da manipulação, os profissionais que trabalham com estas técnicas devem então estar atentos para os sintomas relatados pelo paciente durante os testes que verificam a integridade da artéria, Concluiu-se que existem muitos tipos de variações descritas na literatura e ainda que de forma rara algumas destas podem predispor ao maior risco de lesões vasculares na região cervical submetida à manipulação.

     

    PALAVRAS-CHAVES: Terapia manual, coluna cervical, artéria vertebral, variação anatômica.

    Abstract

    Neck pain is a common complaint in the general population, manual therapy has proven effective for the treatment of certain musculoskeletal disorders, especially those affecting the region cervical1, 2.

    The vertebral artery supplies blood to the upper spinal cord, brainstem, cerebellum and cerebral hemispheres, because of its importance to the professional practice of manual therapy for cervical manipulations in this paper sought to carry out a review of the literature on variations found in the vertebral artery in order to make practitioners of manual therapy and other health professionals more aware of the many variations on this artery, the reports point out to a wide range of variations in all segments of the artery associated with this notes that the variations of the vertebral artery may predispose the individual to suffer an injury if handled making the variation of the artery a contraindication to cervical manipulation. however is not always possible to detect such changes before manipulation, professionals working with these techniques must then be alert to the symptoms reported by patients during the tests that verify the integrity of the artery, concluded that there are many types of changes described in literature, albeit rare some of these may predispose to increased risk of vascular lesions in the cervical region subjected to manipulation.

     

    KEY-WORDS: Manual therapy, cervical spine, vertebral artery, anatomical variation.

     

    Autor para correspondência:

    Denis Guilherme Guedert

    Endereço: Rua Frederico Jensen – 3303, Bairro Itoupavazinha,
    Cidade de Blumenau – SC CEP: 89066-300,
    e-mail: [email protected]

    Recebido:08/12
    Aceito: 03/13

    Deixe um comentário