26-maio-2010 às 11:40

    Uso de Espirômetro de Incentivo e Pressão Positiva no Pósoperatório de Cirurgia Cardíaca com Esternotomia

    [addtoany]

    The use of Incentive Spirometry and Positive Pressure in the Postoperative period after heart surgery with Sternotomy.


    Ana Cristina da Silva¹, Daiane Cristina de Moura¹, Polliana Oliveira Mello¹, Juliana Cleusa de Almeida Ramos², Natália de N. Polcaro A. de Freitas³, Katherine Cristine Nascimento Dutra4


    Resumo

    Estatísticas recentes apontam as doenças cardíacas como uma das principais causas de morbidade e mortalidade no mundo. A cirurgia cardíaca é realizada com o objetivo de reverter os sintomas da doença coronariana/valvar e melhorar a qualidade de vida dos indivíduos. O espirômetro de incentivo (EI) e a pressão positiva são utilizados pela fisioterapia respiratória a fim de prevenir e reverter complicações pulmonares que são intercorrências freqüentes no pós-operatório (PO). Faltam evidências a respeito dessas técnicas; portanto, o objetivo do nosso estudo foi avaliar a eficácia do EI e pressão positiva no PO de cirurgia cardíaca com esternotomia. Foi realizado um levantamento bibliográfico dos artigos publicados no período de 2000 a 2008, nas bases de dados: Biblioteca Cochrane, PEDro, Lilacs, Medline, PubMed e SciElo. Nesta revisão, concluímos que o EI apresentou desvantagens quando comparado à pressão positiva. Foi observada também escassez de pesquisas abordando o
    uso de ambas as técnicas no PO de cirurgia cardíaca. Dessa forma, sugerimos o desenvolvimento de novos estudos que comprovem a eficácia das técnicas.

    Palavras-chave: Fisioterapia, esternotomia, pressão positiva, cirurgia cardíaca, espirômetro de incentivo.

    Abstract

    Recent statistics show heart diseases as one of the main causes of morbidity and mortality in the world. Heart surgery is performed aiming to reverse the symptoms of coronary/ valve diseases and to improve the subject’s quality of life. The incentive spirometry (IS) and the positive pressure are used by the chest physiotherapy in order to prevent and reverse pulmonary complications which are frequent in postoperative period (PP). Evidences about these techniques are scarce, so the purpose of our study is to evaluate the IS and positive pressure efficacy in the PP of cardiac surgery with sternotomy. We carried out a literature search through Cochrane Library, PEDro, Lilacs, Medline, PubMed and SciElo for papers published between 2000 and 2008. In this review, we conclude that the IS showed disadvantages when compared to positive pressure. It was also observed that only a few studies have investigated the use of both techniques in the PP of cardiac surgery. Therefore, we
    suggest the development of new studies to confirm the efficacy of these techniques.

    Keywords: physiotherapy, sternotomy, positive pressure, heart surgery, incentivespirometry.

    Sobre os Autores

    1. Graduada em Fisioterapia pela Universidade de Itaúna-MG

    2. Especialista em Auditoria em Saúde; Preceptora do Estágio Curricular em Cardio-Pulmonar da Universidade de Itaúna-MG.

    3. Graduada em Fisioterapia pela Universidade de Itaúna; Residente em Fisioterapia Respiratória do Hospital Biocor – Nova Lima-MG.

    4. Especialista em Neonatologia; Aprimoramento em Fisioterapia Cardio-Pulmonar; Docente da Disciplina de Fisioterapia Aplicada à Pneumo-Cardio II da Universidade de Itaúna-MG; Preceptora do Curso de Pós-Graduação em Fisioterapia Respiratória com Ênfase na Prática Hospitalar da Faculdade de Ciências Médicas e Hospital Felício Rocho-Belo Horizonte.

    Recebido: junho de 2009
    Aceito: julho de 2009
    Autor para correspondência:
    Email: [email protected]

    Deixe um comentário