12-abr-2019 às 16:50

    TRANSTORNOS EMOCIONAIS EM ACADÊMICOS DA ÁREA DE SAÚDE: QUAL A INCIDÊNCIA?

    [addtoany]

    RESUMO

    Objetivo: Analisar a incidência dos transtornos emocionais em acadêmicos da área de saúde. Métodos: Trata-se de um estudo explicativo, inferencial, transversal e tipo caso controle com amostras por aleatórias, onde foi analisada a incidência dos transtornos emocionais em 426 acadêmicos de ambos os sexos referentes aos cursos de fisioterapia e enfermagem da Faculdade ASCES, Caruaru-PE. Para análise descritiva, utilizou-se a Mediana, Erro Padrão e distribuição de Probabilidades. Para as inferenciais, os testes de distribuição normal (Shapiro Wilks) e Homogeneidade de Variâncias (Bartllet), em seguida o teste de Manny

    Witney. Considerando-se um nível de significância de p≤0,05. Resultados: Dos acadêmicos avaliados, houve predomínio de jovens e do sexo feminino com incidência significativa de ansiedade (55,3% – Fisioterapia e 64,3% Enfermagem) e depressão (56,56% Fisioterapia e 45,6% Enfermagem). No inventário de ansiedade de Beck (BAI) quando correlacionado os cursos aos períodos apresentou significância de p=0,01 no (5°semestre) e p=0,016

    (7°semestre). Já no inventário de depressão de Beck (BDI) o inventário mostrou diferença significativa de p=0,01 no 9° período, onde o curso de Fisioterapia se destacou com scores mais elevados. Conclusão: Os resultados apontam presença de transtornos emocionais nos acadêmicos da saúde, os quais apresentaram uma incidência significativa tanto para ansiedade como depressão em ambos os cursos, entretanto a ansiedade se destacou. Portanto, esses achados contribuem para uma reflexão sobre a importância de um olhar institucional voltada para a saúde mental dos acadêmicos, onde é indispensável a adoção de medidas preventivas e até mesmo intervenções, quando necessário.

    Palavras-chave: Ansiedade. Depressão. Saúde.

     

    ABSTRACT

    Objective: The aim of the present study was to analyze the impact of emotional disorders among students in the health sector. Methods: This was a comprehensive, inferential, cross-sectional case control study, with random samples. The prevalence of emotional disorders was assessed in 426 students (male and female) who were enrolled in Physiotherapy and Nursing courses in the ASCES College of Caruaru-PE (Brazil). The median, standard deviation and probability distribution were used in the descriptive analysis. For the inferential statistics, the normality of distribution (Shapiro Wilks) and the homogeneity of variances (Bartlett) were determined, followed by the Mann-Whitney test. The level of significance was set at p≤0.05 for all tests. Results: Among the students assessed, there was a predominance of young female individuals with significant levels of anxiety (55.3% – Physiotherapy and 64.3% – Nursing) and depression (56.56% Physiotherapy and 45.6% Nursing). We used the Beck Anxiety Inventory (BAI) when correlating the courses to the periods and found a significance value of p=0.01 in the 5th semester and of p=0.016 in the 7th semester. The BDI recorded a significant difference of p=0.01 in the 9th semester, during which time the students in the Physiotherapy course had notably high scores. Conclusion: The results indicate the presence of emotional disorders among health students. Significant indices for anxiety and depression were recorded for both courses, although anxiety was more significant. These findings contribute to the debate about the mental health of students and the need to adopt preventive measures and to carry out interventions when necessary.

     

    Key-words: Anxiety. Depression. Health.

     

    SOBRE O AUTOR

    Bachareis em Fisioterapia pelo Centro Universitário Tabosa de Almeida (ASCES-UNITA), Caruaru/

    Pernambuco/Brasil.

    Docente da Graduação em Fisioterapia do Centro Universitário Tabosa de Almeida (ASCES-UNITA), Caruaru/Pernambuco/Brasil.

     

    Autor correspondente:

    Jakson Henrique Silva

    Rua: Sizenando Leite nº 90, Bairro: São Francisco, Caruaru – PE.

    CEP: 55006-310

    Email: [email protected]

    Deixe um comentário