21-nov-2012 às 15:34

    ANÁLISE DO POSICIONAMENTO DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL EM CADEIRA DE RODAS

    [addtoany]

    Analysis of the placement of children with cerebral palsy in wheelchair

    Pricila Tólio Müller1, Analú Lopes Rodrigues2, Juliana Saibt Martins Pasin3

    O estudo teve como objetivo avaliar o posicionamento de crianças com Paralisia Cerebral em cadeira de rodas, investigando a relação entre a estrutura corporal da criança e as dimensões da cadeira de rodas.

    RESUMO

    A coleta dos dados iniciou-se por registros fotográficos das crianças na cadeira de rodas com posterior aplicação de uma avaliação neurológica do desenvolvimento neuromotor e a mensuração das cadeiras de rodas e dos segmentos corporais das crianças. A amostra constituiu-se de 13 crianças, das quais 4 delas possuíam cadeiras de rodas adaptadas para as suas medidas físicas, sem a necessidade de ajustes. Do total de cadeiras avaliadas, duas não eram cadeiras de rodas adaptadas, porém apresentavam suporte corporal adequado à estrutura física de seu usuário. Por outro lado, 7 cadeiras necessitavam de adequações quanto às medidas físicas e dispositivos auxiliares. A partir desta pesquisa verificou-se que a maioria das cadeiras de rodas utilizadas pelas crianças avaliadas apresentou-se inadequada no que se refere à relação estrutura corporal da criança versus dimensões da cadeira, necessitando de pequenos ajustes para proporcionar ao usuário segurança, conforto e mobilidade necessária para realizar atividades de vida diária.

    Palavra-chave: Paralisia Cerebral, Adequação postural, Cadeira de rodas.

    ABSTRACT

    The study aimed to evaluate the placement of children with Cerebral Palsy in wheelchair, investigating the relationship between the child’s body structure and dimensions of the wheelchair. Data collection began by photographs of children in wheelchairs with subsequent application of a neurological assessment of neuromotor development and measurement of wheelchairs. The sample consisted of 13 children, including 4 of them had wheelchairs adapted to their physical, without the need for adjustments. The total number of seats evaluated, two were wheelchair adapted, but had support proper body to the physical structure of its users. On the other hand, seats 7 to be adjusted as needed to physical measurements and auxiliaries. From this research it was found that most wheelchairs used by children tested showed to be inadequate in relation to body structure relative dimensions versus child’s chair, requiring minor adjustments to provide the user with safety, comfort and mobility required to perform activities of daily living.

    Keywords: Cerebral palsy; Postural adjustments; Wheelchair.

    Sobre os Autores

    1 – Fisioterapeuta graduada pelo Centro Universitário Franciscano – UNIFRA, Santa Maria, RS.

    2 – Fisioterapeuta, Doutora em Neurociências, Docente do Curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Santa Maria – UFSM, Santa Maria, RS.

    3 – Fisioterapeuta, Doutora em Ciências Biológicas: Bioquímica, Docente do Curso de Fisioterapia do Centro Universitário Franciscano – UNIFRA, Santa Maria, RS. Grupo de Pesquisa: Promoção da saúde e tecnologias aplicadas à Fisioterapia.

    Recebido: 08/2012
    Aceito: 08/2012

    Autor para correspondência:

    Profª Drª Juliana Saibt Martins Pasin
    Rua dos Andradas 1259 apt° 403
    Bairro Centro CEP 97.010-031
    Santa Maria – RS
    Telefone: (55) 99692098
    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário