05-jul-2011 às 11:08

    Qualidade de Vida e Sexualidade em Pacientes com Traumatismo Raquimedular

    [addtoany]

    Quality of Life and Sexuality in Patientes with Spinal Cord Injuries

    André Cavalcanti Macêdo¹, Kattyúcia Cruz Meireles Silva², Tatiane Lima de Araújo Silva³

    Segundo a Organização Mundial da Saúde, a qualidade de vida pode ser defi nida como a percepção do indivíduo quanto à sua posição na vida e no contexto da cultura e sistemas de valores em que se vive. O traumatismo raquimedular afeta o indivíduo de maneira ampla, devido ao comprometimento motor, sensitivo e autonômico abaixo do nível da lesão, acarretando alterações de importantes funções, dentre elas, a sexual.

    RESUMO

    Segundo a Organização Mundial da Saúde, a qualidade de vida pode ser defi nida como a percepção do indivíduo quanto à sua posição na vida e no contexto da cultura e sistemas de valores em que se vive. O traumatismo raquimedular afeta o indivíduo de maneira ampla, devido ao comprometimento motor, sensitivo e autonômico abaixo do nível da lesão, acarretando alterações de importantes funções, dentre elas, a sexual. Esta pesquisa teve como propósito conhecer a realidade dos pacientes com lesão medular na expressão da qualidade de vida e sexualidade. A amostra foi composta por 19 pacientes com lesão medular atendidos no CRANESP (Centro de Referência em Atendimento aos Portadores de Necessidades Especiais. Como resultado foi encontrado que o paciente com lesão medular traumática possui grande comprometimento de sua qualidade de vida, em todos os seus domínios, principalmente no que se refere aos aspectos sociais.

    Palavras-chave: Lesão Medular, Qualidade de Vida, Sexualidade, Reabilitação.

    ABSTRACT

    According to World Health Organization, the quality of life can be defi ned as the individual’s perception regarding their position in life and in the context of culture and value systems in which they live. The spinal cord injury affects the individual broadly due to motor impairment, sensory and autonomic below the injury level, resulting in changes in important functions, among them sex. This research aimed to know the reality of patients with spinal cord injury on the expression of quality of life and sexuality. The sample consisted of 19 patients with spinal cord injury treated at CRANESP (Reference Center on Care for People with Special Needs). As a result it was found that patients with spinal cord injury have severe impairment of their quality of life in all areas, especially with regard to social aspects.

    Key words: Spinal cord injury, Quality of life, Sexuality, Rehabilitation.

    Sobre o Autor

    1. Fisioterapeuta graduado pela União de Ensino Superior de Campina Grande – UNESC Faculdades (2009).
    2. Fisioterapeuta graduada pela União de Ensino Superior de Campina Grande – UNESC Faculdades (2009).
    3.Mestre em Saúde Coletiva pela UEPB (2008), Especialista em Serviços de Saúde Pública pela CESED (2006) e em Fisioterapia Neurofuncional pela UEPB (2003). Fisioterapeuta concursada do município de Campina Grande – PB, Professora da
    UNESC Faculdades, da Faculdade Maurício de Nassau e da Faculdade Integrada de Patos – FIP. Endereço: Rua: Zeferina Gaudêncio, 213, Nações, CEP: 58.103-115, Campina Grande – PB. Fone: (83) 8898-5780. E-mail: [email protected]
    TRABALHO ACADEMICO ORIENTADO (TAO) – CURSO DE FISIOTERAPIA.

    Recebido: 04/2010
    Aceito: 07/2010
    Autor para correspondência: Tatiane Lima de Araújo Silva
    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário