29-jun-2010 às 10:05

    Proposta Fisioterapêutica para Síndrome do Impacto do Ombro em Nadadores de Competição

    [addtoany]

    Physiotherapist Proposal for Shoulder Impact Syndrome on Competition´s Swimmers


    Gabriela Natália Ferracine¹, Eder Rodrigues Fernandes², Aline Margioti Zanella³


    Resumo

    A natação é a segunda modalidade esportiva mais praticada no Brasil e uma das lesões mais comuns neste esporte é por impacto nos ombros de nadadores de competição denominado ombro de nadador ou Síndrome do Impacto do Ombro (SIO). A natação é a segunda modalidade esportiva mais praticada no Brasil e uma das lesões mais comuns neste esporte é por impacto nos ombros de nadadores de competição denominado ombro de nadador ou Síndrome do Impacto do Ombro (SIO). Este estudo avaliou os efeitos de um protocolo fisioterapêutico para SIO em nadadores de competição. Participaram do estudo 22 nadadores de ambos os gêneros, do Esporte Clube Palestra de São José de Rio Preto-SP, com média de idade de 16 anos, e para os quais foi aplicada a escala visual analógica, um questionário, uma avaliação fisioterapêutica e prescritos exercícios. O programa fisioterapêutico foi composto por exercícios de alongamento estático e fortalecimento da cintura escapular. Foram realizadas três sessões semanais com duração de 50 minutos cada, totalizando 36 sessões. As principais queixas dolorosas identificadas foram dores nos ombros (18.1%), seguidas de dor lombar (13.6%) e nos joelhos (9%). Na avaliação inicial a dor foi definida como moderada em 90,9%, e leve em 9% dos indivíduos. Após o programa de reabilitação todos os indivíduos definiram-na como leve. A aplicação dos testes específicos previamente à prática do programa foi positivo em 27,2%. Na reavaliação os testes foram positivos apenas em 0,16% dos sujeitos (p=0,002). Concluiu-se que o programa fisioterapêutico adotado mostrou-se eficaz na redução das queixas dolorosas em curto prazo.

    Palavras-chave: Impacto do Ombro, Prevenção, Nadadores.

    Abstract

    Swimming is the second most practiced sport in Brazil and one of the most common injuries in this sport is due to impact on shoulders of competition’s swimmers named swimmer’s shoulder or shoulder impingement syndrome (SIO). This study evaluated the effects of a physical therapy protocol for SIO on competition’s swimmers. The subjects of this study were 22 swimmers of both genders from Esporte Clube Palestra de São José de Rio Preto-SP, with average age of 16 years-old, and which for it was applied the visual analogue scale, a questionnaire, performed a physical therapy assessment and prescribed exercises. The physical therapy program consisted of static stretching exercises and strengthening the shoulder girdle. There were performed three sessions weekly lasting 50 minutes each, totalized 36 sessions at all. The main complaint that we identified were pain in shoulders (18,1%), followed by back pain (13,6%) and knees pain (9%). At initial assessment pain was defined as moderate on 90,9%, and as mild on 9% of subjects. After the rehabilitation program, all subjects defined it as mild pain. The application of specific tests previously to program practice was positive in 27,2%. At reassessment the tests were positive only at 0.16% of subjects (p = 0.002). We concluded that the physical therapy program adopted was effective in decreasing the pain complaints in short term.

    Key words: Shoulder Impingement Syndrome, Prevention, Swimmers.

    Recebido: 14/01/2010
    Aceito: 13/06/2010
    Autor para correspondência: Gabriela Natália Ferracine
    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário