Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    29-jun-2010 às 09:59

    Professores em Sala de Aula: Uma Análise Postural

    [addtoany]

    Teachers in Classroom: A Postural Evalution

    Simone Hande¹, Valéria Conceição Passos Carvalho², Carla Raquel de Melo Daher³, Priscila Cabral Cavalcanti³

    Resumo

    No dia-a-dia do professor, o conjunto de movimentos, progressivos e contínuos, onde as articulações ficam cada vez mais hipomóveis, favorece a uma alteração na postura padrão, podendo levar o professor a apresentar dores crônicas e incapacidade funcional. No dia-a-dia do professor, o conjunto de movimentos, progressivos e contínuos, onde as articulações ficam cada vez mais hipomóveis, favorece a uma alteração na postura padrão, podendo levar o professor a apresentar dores crônicas e incapacidade funcional. Esta pesquisa tem como objetivo analisar a postura adotada por professores em sala de aula associando-a com a presença de dores. Estudo do tipo corte transversal, descritivo e analítico, realizado no período de fevereiro a abril de 2009, em um centro para estudos da língua Inglesa, com 27 professores. Todos apresentavam dor em pelo menos um segmento corporal, sendo a dor lombar, no pescoço e ombros as mais relatadas. Na análise postural destacou-se: rotação, torção, inclinação de tronco e apoio unipodal na postura de pé e, apoio no sacro ou em apenas um ísquio para a postura sentada. Podemos inferir que as posturas de pé e, principalmente, a sentada, adotadas pelos professores, por tempo prolongado, podem ser danosas para a saúde dos mesmos, sendo uma das responsáveis pela presença de dores nos diversos segmentos corpóreos, principalmente na coluna.

    Palavras-chave: Professores. Postura. Sala de aula. Dor.

    Abstract

    During a teacher’s daily activities, the progressive and continuous group of movements, where the articulations become less mobile, causes a change on the standard posture, which may lead to the presence of chronic pain and disability. The goal of this research is to evaluate and analyze adopted posture by teachers in classroom, associating it with the presence of pain. Cross-sectional, analytical and descriptive study, held between February and April of 2009 at an English Language Center, with 27 teachers. All of them reported pain in at least one body segment, and low back, neck and shoulder pain were the most reported. Standing posture was associated with rotation, torsion, body flexion and one leg support; along with sitting posture, with sacrum support or one ischiun support, stood out in the postural analysis. It can be implied that the standing posture and, mainly, the sitting posture, adopted by teachers, for a long period of time, can be harmful to their health and responsible for the presence of pain in many body segments, specially the back.

    Key words: Teachers. Posture. Classroom. Pain.

    Sobre os Autores

    1. Acadêmica do curso de fisioterapia da Universidade Católica de Pernambuco – (UNICAP); [email protected]

    2. Profª. Ms. Em Saúde Coletiva e Doutoranda em Neurociências e Ciência do Comportamento; Docente da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP).

    3. Especialista em Terapia Manual e Postural pela FIR; Docente da Uiversidade Católica de Pernambuco – UNICAP.

    3. Acadêmica do curso de fisioterapia da Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP.

    4. Especialista em Terapia Manual e Postural pela FIR; Docente da Uiversidade Católica de Pernambuco (UNICAP).

    Recebido: 20/10/2009
    Aceito: 13/06/2010
    Autor para correspondência: Simone Hande
    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário