Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    13-mar-2013 às 10:14

    PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES COM DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: UMA ABORDAGEM FISIOTERÁPICA

    [addtoany]

    Profile of the patients with temporomandibular disorder: a physiotherapeutic approach

    Mirelle de Oliveira Saes1, Débora Baiocco Nogueira2, Mariana Silva da Silveira3, Fernando Carlos Vinholes Siqueira4.


    Frequentemente, portadores de Disfunção Temporomandibular (DTM) vêem apresentando problemas associados, tais como alterações posturais, da mecânica ventilatória e interferência em suas atividades de vida diária. Desta forma, torna-se relevante a atuação do fisioterapeuta com os demais profissionais no tratamento desta morbidade.

    Resumo

    Contextualização: Freqüentemente, portadores de Disfunção Temporomandibular (DTM) vêem apresentando problemas associados, tais como alterações posturais, da mecânica ventilatória e interferência em suas atividades de vida diária. Desta forma, torna-se relevante a atuação do fisioterapeuta com os demais profissionais no tratamento desta morbidade. Objetivo: Descrever o perfil dos pacientes com Disfunção Temporomandibular atendidos na Faculdade de Odontologia da UFPel-RS. Metodologia: Um estudo transversal, onde foram avaliados 33 indivíduos portadores de DTM, através de um instrumento com questões de interesse da investigação do perfil, da avaliação da mecânica ventilatória e da avaliação postural. Resultados: A amostra incluiu 87,8% de mulheres, com uma média de idade de 41,9 anos. Houve significativa freqüência de hábitos parafuncionais, como o hábito de apoiar as mãos ou objetos sob o queixo e o bruxismo. Todos os sujeitos tinham dor e 66,7% demonstraram um tipo respiratório predominantemente bucal. A maioria dos portadores de DTM apresenta alterações posturais. Conclusão: Através deste estudo constatou-se que conhecer os portadores de DTM é importante para que se possam estabelecer estratégias para melhorar a qualidade de vida destes pacientes.

    Palavras-chaveArticulação temporomandiibular; fisioterapia; mecânica ventilatória; postura.

    Abstract

    Background: Often, patients with Temporomandibular Disorders (TMD) view showing associated problems, such as postural changes, ventilatory mechanics and interference in their activities of daily living. Thus, it becomes relevant to the role of the physiotherapist with other professionals in the treatment of this condition. Objective: To describe the profile of patients with temporomandibular disorder treated at the Faculty of Dentistry UFPel-RS. Methods: A cross-sectional study were evaluated in 33 subjects with TMD, through an instrument with issues of interest to the research profile, the evaluation of ventilatory mechanics and postural assessment. Results: The sample included 87.8% of women, with a mean age of 41.9 years. A significant frequency of parafunctional habits, such as the habit of resting your hands or objects under the chin and bruxism. All subjects had pain and 66.7% showed a type predominantly mouth breathing. Most TMD presents postural changes. Conclusion: The study found that knowing the TMD is important so they can develop strategies to improve the quality of life of these patients.

    Keywords:

    Articulation temporomandiibular, physiotherapy, mechanical ventilation; posture.

    Sobre o Autor:

     

    1. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde/Universidade Federal do Rio Grande/ Pelotas/ Rio Grande do Sul/ Brasil. Endereço: Rua Visconde de Paranaguá, 102, Centro Rio Grande – RS, 96200-190, email: [email protected]
    2. Universidade Católica de Pelotas/ Pelotas/ Rio Grande do Sul/ Brasil.
    3. Universidade Católica de Pelotas/ Pelotas/ Rio Grande do Sul/ Brasil.
    4. Faculdade de Terapia Ocupacional/ Universidade Federal de Pelotas/ Pelotas/ Rio Grande do Sul/ Brasil.

     

    Recebido: 11/2012
    Aceito:03/2013
    Autor para correspondência:

    Mirelle de Oliveira Saes

    Universidade Federal do Rio Grande/Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde
    Rua Visconde de Paranaguá, 102, Centro Rio Grande – RS, CEP  96200-190,
    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário