03-dez-2018 às 15:39

    PATOGÊNESE DA MICROCEFALIA INDUZIDA PELO VÍRUS ZIKA UMA REVISÃO DE LITERATURA

    [addtoany]
    A transmissão do vírus Zika tem sido identificada em vários estados brasileiros.

    Pathogenesis of microcephaly induced by Zika virus: a literature review

    Graziela Farias Beltrame1, Cristiane Fração Diefenbach2, Jerônimo Costa Branco3, Juliana Saibt Martins4

     

    RESUMO

    A transmissão do vírus Zika tem sido identificada em vários estados brasileiros. A recente epidemia de infecção coincidiu com o aumento de complicações neurológicas como a microcefalia congênita, malformação associada com a diminuição na produção de neurônios como consequência da morte de células progenitoras corticais e defeitos proliferativos. De fato, estudos com animais mostraram que a infecção causa ruptura da barreira hematoencefálica, possibilitando a entrada do vírus no sistema nervoso central. A microcefalia pode ocorrer como uma condição isolada ou estar associada a convulsões, alterações motoras, cognitivas, entre outras, que variam de acordo com o grau de acometimento cerebral. Diante disso, o objetivo deste estudo foi investigar na literatura qual a patogênese da microcefalia causada pelo vírus Zika. A busca dos artigos foi limitada entre aqueles publicados entre janeiro de 2014 e outubro de 2016, nas bases de dados eletrônicas BVS (Biblioteca Virtual em Saúde) e PubMed, utilizando as palavras-chave: Zika virus, microcephaly, pathogenesis. Seis estudos contemplaram os critérios de elegibilidade, os quais apontam a morte celular por apoptose, a inibição do ciclo celular, a ativação da proteína P53, a diferenciação celular anormal e a inibição da via Akt-mTOR como mecanismos envolvidos com a microcefalia induzida pelo vírus Zika. No entanto a patogênese dessa microcefalia congênita ainda não está totalmente esclarecida, de modo que mais estudos são necessários para elucidar totalmente como o vírus Zika causa anormalidades de desenvolvimento do cérebro humano.

    Palavras-chave: vírus Zika, microcefalia, patogênese

    ABSTRACT

    Zika virus transmission has been identified in several Brazilian states. The recent outbreak of infection coincided with increased neurological complications such as congenital microcephaly, a malformation associated with decreased production of neurons as a consequence of cortical progenitor cell death and proliferative defects. In fact, animal studies showedthe infection causes rupture of the blood-brain barrier, allowing an entry of the virus into the central nervous system. Microcephaly may occur as an isolated condition or be associated with seizures, motor, cognitive, among others, which vary according to degree of cerebral involvement. Therefore, the objective of this study was to investigate in the literature articles that dealwith the pathogenesis of microcephaly caused by the Zika virus. The search for articles was limited between those published between january 2014 and october 2016, in portuguese and english, through the electronic databases – BVS and Pubmed, using the key words: Zika virus, microcephaly, pathogenesis. Included in the research were articles that addressed the athophysiological aspects of microcephaly caused by the Zika virus and articles available in full online. Six studies considered the eligibility criteria, where some mechanisms involved in the genesis of Zika virus-induced microcephaly, such as cell death by apoptosis, cell cycle inhibition, P53 protein activation, abnormal cell differentiation and inhibition of the Akt-mTOR pathway. However the pathogenesis of microcephaly caused by the Zika virus is not yet fully understood in the literature, so further studies are needed to fully elucidate how this virus causes human brain developmental abnormalities.

    Keywords: Zika virus, microcephaly, pathogenesis

     

    SOBRE OS AUTORES

    1 Fisioterapeuta graduada (UFN – Santa Maria – RS);
    2 Pós-graduanda do Mestrado em Ciências da Saúde e da Vida, (UFN – Santa Maria – RS);
    3,4 Docentes do Curso de Fisioterapia e do Mestrado em Ciências da Saúde e da Vida – (UFN – Santa Maria – RS).

    Autor correspondente:

    Dra Juliana Saibt Martins
    e-mail: [email protected]
    Rua dos Andradas 1259 apto 403
    Santa Maria – RS
    CEP: 97010-031
    Fone: (55) 999692098

    Deixe um comentário