Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    11-dez-2018 às 12:34

    O AGULHAMENTO A SECO NO TRATAMENTO DA DOR MIOFASCIAL EM PONTOS-GATILHO NA COLUNA CERVICAL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DE ENSAIOS CLÍNICOS RANDOMIZADOS

    [addtoany]
    A síndrome dolorosa miofascial é uma patologia extremamente comum, acometendo indivíduos com uma faixa etária entre 31 e 50 anos

    The Dry Needling in myofascial pain treatment in points trigger in cervical spine: A clinical trials of systematic review randomized

    Daniele Flôres Fontana1, Renielle da Silva Araujo2, Fabio Franciscatto Stieven3

     

    RESUMO

    A síndrome dolorosa miofascial é uma patologia extremamente comum, acometendo indivíduos com uma faixa etária entre 31 e 50 anos. É caracterizada por presença de pontos sensíveis nas bandas musculares tensas, sendo seus sinais e sintomas a queimação, peso, dor referida ou local, déficit da força muscular e amplitude de movimento. Sendo assim, dentre as técnicas utilizadas para tratamento da dor miofascial, o agulhamento a seco está sendo muito utilizado na busca de minimizar os sintomas destes indivíduos. Foi realizado uma revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados, que tem por objetivo reunir, avaliar e conduzir uma síntese dos resultados de múltiplos estudos primários sobre o tema proposto neste estudo. Os artigos científicos foram selecionados através da busca no banco de dados da Pubmed, PEDro e SciELO, nos idiomas português, espanhol e inglês entre 2008 e 2016. Foram obtidos 329 estudos. Destes, 321 artigos foram excluídos por tratarem de temas que não estão diretamente relacionados à pesquisa. O agulhamento a seco é um tratamento de grande valia para pacientes com síndrome de dor miofascial na coluna cervical, devido a sua eficácia na melhora de dor local ou referida, relaxamento muscular e amplitude de movimento dos músculos cervicais. A combinação destes benefícios se reflete na qualidade de vida destes pacientes.

    Palavras-chave: Dor musculoesquelética, pontos-gatilho, dor cervical, agulhamento a seco.

     

    ABSTRACT

    Myofascial pain syndrome is an extremely common pathology, affecting an age range between 31 and 50 years. It is characterized by the presence of sensitive points in the strained muscle bands, and their signs and symptoms burning, weight, referred pain or local deficit of muscular strength and range of motion. Thus, among the techniques used for treatment of myofascial pain, dry needling is being widely used in seeking to minimize the symptoms of these individuals. A systematic review of randomized controlled trials, which aims to gather, evaluate and conduct a summary of the results of multiple primary studies on the topic proposed in this study. The papers were selected by searching the database of Pubmed, PEDro and SciELO, in Portuguese, Spanish and English between 2008 and 2016. We obtained 329 studies. Of these, 321 articles were excluded because they handle issues that are not directly relatedto the research. The dry needling is a valuable treatment for patients with myofascial pain syndrome in the cervical spine, due to its effectiveness in improving local pain or referred to, muscle relaxation and range of motion of the cervical muscles. The combination of these benefits is reflected in the quality of life of these patients.

    Keywords: Musculoskeletal pain, trigger points, neck pain, dry needling.

     

    SOBRE OS AUTORES

    1. Pós-Graduanda do Curso de Fisioterapia em Ortopedia, Traumatologia e Desportiva da Faculdade de Tecnologia Inspirar / Porto Alegre / Rio Grande do Sul / Brasil. [email protected]
    com.
    2. Pós-Graduanda do Curso de Fisioterapia em Ortopedia, Traumatologia e Desportiva da Faculdade de Tecnologia Inspirar / Porto Alegre / Rio Grande do Sul / Brasil. [email protected]
    3. Professor do Curso de Pós Graduação de Fisioterapia em Ortopedia, Traumatologia e Desportiva da Faculdade de Tecnologia Inspirar / Porto Alegre / Rio Grande do Sul / Brasil. [email protected]

    Autor correspondente:

    Daniele Flôres Fontana
    Alfredo Soares Pitres 134 – CEP 94020-050 – Gravataí, RS, Brasil.
    e-mail: [email protected]

    Deixe um comentário