14-jan-2016 às 16:42

    MANOBRAS DE RECRUTAMENTO ALVEOLAR NA SÍNDROME DA ANGÚSTIA RESPIRATÓRIA AGUDA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

    [addtoany]

    As Manobras de recrutamento alveolar podem ser utilizadas no tratamento, devem ser realizadas nas primeiras 72 horas.

    Alveolar recruitment maneuvers in acute respiratory distress syndrome: a systematic review

    Raysse Cardoso De Sousa1, Jefferson Hermann Gomes Silva2

    RESUMO

    A síndrome da angustia respiratória aguda (SDRA) é caracterizada por inflamação difusa da membrana alvéolo capitar, em resposta a vários fatores de risco pulmonares ou extrapulmonares, dividida em: leve, com pressão parcial de oxigênio/fração inspirada de oxigênio (Pao2/Fio2) entre 200 e 300 mmHg com pressão positiva expiratória final(PEEP) ou  pressão positiva continua nas vias aéreas (CPAP) >5 cmH2o, moderada Pao2/Fio2 entre 100 e 200 mmHg com PEEP > 5 cmH2o e grave com Pao2/Fio2 abaixo de 100 mmHg com PEEP > 5 cmH2o. As Manobras de recrutamento alveolar podem ser utilizadas no tratamento, devem ser realizadas nas primeiras 72 horas. Diferentes métodos são proposto: insuflação sustentada com alto nível de CPAP; aumento simultâneo da PEEP e do volume corrente; aumento progressivo da PEEP com um valor fixo de PI (pressão inspiratória) e elevação simultânea da PI e da PEEP no modo ventilatório pressão controlada. OBJETIVO: comparar os efeitos de diferentes técnicas de recrutamento alveolar na SDRA. Trata-se de uma revisão sistemática. Foram utilizadas pesquisas em revistas científicas e bases de dados: Medline, Scielo, PeDro e Pubmed. No período de 1998 a 2015. Dos 1150 artigos encontrados, foram selecionados 13 artigos que contemplaram os critérios escolhidos. Dos 13 artigos selecionados todos constataram a eficácia das manobras na SDRA e descreveram manobras de recrutamento alveolar, sendo que em três artigos a melhora das trocas gasosas após as manobras foi apenas momentânea. As MRA são eficazes no tratamento da SDRA, porém sua melhor eficácia ocorre na fase inicial.

    Palavras-chaves: Síndrome do desconforto respiratório do adulto, unidades de terapia intensiva, respiração artificial.

    ABSTRACT

    SDRA is characterized by diffuse inflammation of the alveolar capitar, in response to various pulmonary or extrapulmonary risk factors, divided into: light oxygen tension / fraction of inspired oxygen (PaO2 / FiO2) between 200 and 300 mmHg with positive end-expiratory pressure (PEEP) or positive airway pressure continues CPAP> 5 cm H2O, moderate PaO2 / FiO2 between 100 and 200 mmHg with PEEP> 5 cm H2O and severe with PaO2 / FiO2 below 100 mmHg with PEEP> 5 cmH2O. The MRA can be used in the treatment must be performed within 72 hours. Different methods are proposed: sustained inflation with high levels of CPAP; simultaneous increase in PEEP and tidal volume; progressive increase in PEEP with a fixed value of IP (inspiratory pressure) and simultaneous lifting of IP and PEEP ventilation mode controlled pressure. To compare the effects of different alveolar recruitment techniques in SDRA. This is a systematic review. Surveys were used in scientific journals and databases: Medline, Scielo, Peter and Pubmed. In the period 1998 to 2015. Of the 1150 articles that were found, 13 were selected which contemplated the chosen criteria. The 13 selected articles all found the effectiveness of maneuvers in SDRA and described alveolar recruitment maneuvers, and in three articles to improved gas exchange after the maneuvers was only momentary. MRA are effective in the treatment of SDRA, however their efficacy occurs at the initial stage.

    Keywords: adult respiratory distress syndrome, intensive care units, artificial breathing.

    SOBRE O AUTOR

    1. Faculdade Inspirar (Teresina/ Piauí/ Brasil)

    2. Faculdade Inspirar (Teresina/ Piauí/ Brasil)

    AUTOR CORRESPONDENTE

    Raysse Cardoso de Sousa

    Quadra 114 casa 8, bairro Dirceu 1, Teresina Piauí, CEP: 64077350

    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário