Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    25-ago-2016 às 10:40

    A INFLUÊNCIA DO PESO DA MOCHILA NA CIFOSE TORÁCICA EM ESCOLARES

    [addtoany]

    A má postura está sempre presente no cotidiano de crianças e adultos.

    The influence of the weight of the backpack in thoracic kyphosis in schools

    Letícia P. Pacenko1, Pedro Jorge Cortes Morales2, William Cordeiro de Souza3, Luis Paulo Gomes Mascarenhas4, Mônica Faitarone Brasilino5, Fabricio Faitarone Brasilino6

    RESUMO

    Introdução: A má postura está sempre presente no cotidiano de crianças e adultos. Durante a vida escolar as crianças sofrem com a sobrecarga das mochilas, pois levam consigo os materiais necessários e desnecessários para seu dia letivo com isso vêm o surgimento de problemas posturais. Objetivo: Identificar a influência do peso das mochilas sobre a cifose torácica de crianças do ensino fundamental. Métodos: Participaram da pesquisa 107 sujeitos sendo 50 meninos e 57 meninas, com idade entre 10 e 12 anos. Para caracterização da amostra e comparação dos dados realizou-se a coleta da massa corporal, estatura e o peso da mochila escolar. Na avaliação da curvatura cifótica o utilizado o método Flexicurva proposto por Teixaira (2006). Para a análise dos dados foi realizada a estatística descritiva (média, desvio padrão), teste de normalidade Kolmogorov Smirnov, sendo o pareamento pelo test-t de Student e Qui-quadrado (p<0,05). Resultados: Através dos dados obtidos foi possível verificar que 50% dos meninos e 26,3% das meninas possuíam hipercifose torácica e 58% dos meninos e 47,4% das meninas transportavam mochilas acima de 10% do peso corporal, não houve relação do peso da mochila com a cifose torácica das crianças. Conclusão: Conclui-se que o peso da mochila não influência no aumento da curva cifótica torácica de crianças, mas vale ressaltar que a hipercifose esteve mais presente no gênero masculino.

    Palavras-Chave: Escolares, Postura Corporal, Hipercifiose Torácica.

    ABSTRACT

    Poor posture is always present in the daily lives of children and adults. During school life children suffer from the burden of backpacks, because they carry the necessary and unnecessary materials for their school day with it come the emergence of postural problems. Objective: To identify the influence of the weight of the backpacks on the thoracic kyphosis of elementary school children. Methods: There were 107 subjects with 50 boys and 57 girls, aged between 10 and 12 years. For sample characterization and comparison of data held collection of body weight, height and weight of the school bag. In the evaluation of the kyphotic curvature using the method Flexicurve proposed by Teixaira (2006). For the analysis of data was performed descriptive statistics (mean, standard deviation), Kolmogorov-Smirnov normality test, and the pairing by Student’s t-test and chi-square test (p<0.05). Results: Through the data we found that 50% of boys and 26.3% girls had thoracic kyphosis and 58% of boys and 47.4% girls were carrying backpacks over 10% of body weight, there was no relationship of weight of the backpack to the thoracic kyphosis of children. Conclusion: We conclude that the weight of the backpack no influence on the increase in thoracic kyphotic curve of children, but it is noteworthy that the kyphosis was more prevalent in males.

    Keywords: School, Body Posture, Hipercifiose Thoracic.

    SOBRE OS AUTORES

    1. Acadêmica do 5º ano do Curso de Educação Física da Univille
    2. Professor Doutor, do curso de Educação Física – Univille
    3. Núcleo de Estudos em Atividade Física – UnC
    4. Professor Doutor do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Comunitário – Unicentro
    Mestranda em Promoção da Saúde – Unifran
    Mestrando em Saúde e Meio Ambiente – Univille

    AUTOR CORRESPONDENTE

    Fabrício Faitarone Brasilino

    Endereço: Rua Theodoro Francisco Engel, 274. Bairro: Schramm – Cidade: São Bento do Sul Estado: SC – País: Brasil. CEP: 89290-000 

    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário