Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    12-abr-2019 às 16:56

    GASTO ENERGETICO EM ATIVIDADES RECREATIVAS DE ADOLESCENTES OBESOS: ENSAIO CLÍNICO

    [addtoany]

    RESUMO

    As recomendações de prática de atividade física para adolescentes desconsideram as especificidades da obesidade. Avaliar o gasto energético e a utilização de carboidrato e lipídeo de adolescentes obesos durante o repouso e em atividades leves e moderadas, com uso de calorimetria

    indireta. Foram incluídos 12 meninos obesos, com idades entre 10 e 12 anos, atendidos em Ambulatório de Obesidade Infanto Juvenil do sul do Brasil. Por meio da calorimetria indireta foi avaliado o gasto energético em repouso e atividades físicas leves (caminhada lenta, caminhada quicando uma bola plástica e caminhada manejando iô-iô) e moderadas (caminhada acelerada, caminhada quicando uma bola de basquete, condução de uma bola de futebol e jogar balão com pés e mãos). Considerou-se que as atividades físicas entre 20% e 39% da FCR seriam classificadas como “leves” enquanto que aquelas com FCR fosse entre 40% e 59% seriam aeróbicas moderadas. Verificou-se, quando comparado o desempenho em atividade leve e moderada ao repouso, aumento do consumo de energia de 212,5%

    (37,7 cal/20 min) e 451,5% (80,1 cal/20 min) respectivamente (P<0,001, para ambas comparações). Igualmente, houve aumento significativo no consumo de gordura na atividade leve (391,3%; +391,3g/20min) e moderada (794,6%; +7,3g/20min). Mesmo atividades consideradas leves e moderadas podem ser úteis no controle do excesso de peso de adolescentes, uma vez que o gasto energético é semelhante nas atividades físicas consideradas vigorosas na literatura. Sugere-se prescrever o tipo de atividade física de acordo com o incremento da frequência cardíaca.

    Palavras- chave: obesidade; calorimetria indireta; exercício

    ABSTRACT

    Recommendations of physical exercise for obese adolescents disregard their peculiarities, subjecting them to the same loads as other adolescents. To evaluate energy expenditure and carbohydrate and lipid use of obese adolescents during rest and in mild and moderate activities, using indirect calorimetry. Method: obese boys, aged 10 to 12 years were included; energy expenditure at rest and during mild and moderate activities was evaluated. t was considered that physical activities between 20% and 39% of the RRF would be classified as “mild” while those with CRF between 40% and 59% would be moderate aerobic. There was 212.5% (37.7 cal/20 min) and 451.5% (80.1 cal/20 min) (P < 0.001) increase in energy expenditure during activities as compared to rest expenditure. There was significant increase in fat use in mild (391.3%, + 391.3 g/20min) and moderate (794.6%; + 7.3 g/20min) activity. Mild and moderate activities may be useful in the management of excess weight, since the energy expenditure is similar to that of vigorous physical activity.

    Keywords: obesity; indirect calorimetry; exercise

     

    SOBRE O AUTOR

    Doutora em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós Graduação em Saúde e Desenvolvimento Humano, Universidade La Salle, Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil

    Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Profissional liberal, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil
    Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Curso de Nutrição, Universidade La Salle, Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil

    Doutora em Epidemiologia, Professora Adjunta, Departamento de Assistência e Orientação Profissional, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

    Doutor em Pediatria, Universidade de São Paulo, Departamento de Medicina, Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, Brasil

    Doutora em Saúde da Criança e Adolescente, Programa de Pós Graduação em Saúde da Criança e do adolescente, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

    Autor Correspondente:

    Fernanda Miraglia, Rua Tiradentes, 68/302, CEP 90560030, Porto Alegre, RS
    Email: [email protected]

    Deixe um comentário