Falta: 1 dia para o INSPIRAR DAY!

    14-maio-2014 às 11:09

    FATORES DE RISCOS CARDIOVASCULARES EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

    [addtoany]

    Cardiovascular risk factors  in college students

     

    Malu Cristina Montoro de Araújo Lima1, Luciana Mazon2, Daniel Rogério Petreça3, Pollyana Weber da Maia Pawlowytsch4, Renata Campos5

     

    Este estudo teve como objetivo identificar a prevalência dos fatores de riscos cardiovasculares em estudantes universitários de uma Universidade do Planalto Norte Catarinense. A amostra foi selecionada de forma aleatória simples, respeitando a participação voluntária dos indivíduos e obteve-se a participação 305 estudantes.

     

    RESUMO

    Este estudo teve como objetivo identificar a prevalência dos fatores de riscos cardiovasculares em estudantes universitários de uma Universidade do Planalto Norte Catarinense. A amostra foi selecionada de forma aleatória simples, respeitando a participação voluntária dos indivíduos e obteve-se a participação 305 estudantes. A coleta de dados foi feita mediante aplicação do questionário FANTASTICO por meio eletrônico disponibilizado pela Universidade. Os dados foram analisados de forma descritiva e de frequência. A amostra foi composta por 72% de participantes do gênero feminino e 28% do gênero masculino, com  78% da amostra na faixa etária de  17 a 25 anos,  19% entre 26 a 40 anos  e 7% com mais de 40 anos.  A amostra apresentou um estilo de vida considerado Bom (n=102), conforme pontuação do instrumento utilizado. Frente ao objetivo de reconhecer a presença de fatores de risco, a análise da pesquisa foi voltada principalmente para os aspectos relacionados à prática de atividade física, alimentação, uso de tabaco e álcool. Observou-se que um dos fatores modificáveis com maior alteração, para risco cardiológico, nos universitários foi a alimentação, 70% relataram que comem frequentemente de um a três itens, açúcar, sal e gordura animal, em excesso, e 52% estão com sobrepeso. Com este estudo observa-se que entre todos os fatores de riscos cardiovasculares modificáveis, a nutrição foi o destaque, contudo, em uma avaliação geral, o estilo de vida dos acadêmicos foi considerado bom.

     Palavras Chave: estilo de vida; estudantes; fatores de risco.

    ABSTRACT

    The aimed of this study was to identify the prevalence of cardiovascular risk factors among university students in a University of Santa Catarina. There were involved 305 participating students selected by simple random sampling, respecting their voluntary participation. Data collection was done by applying the electronic questionnaire Fantastic. Data were analyzed descriptively and by frequency. There were 72% female participants and 28 % of males aged 17-25 years (78%), 26-40 years (19%) and over 40 (7%). The students evaluated showed a lifestyle considered good (n=102). To evaluate the cardiovascular risk factor the variables related to physical activity, nutrition, tobacco and alcohol was mainly focused. It was observed that the greatest variable was nutrition. 70% of the students reported that often eat one of this items in excess: sugar, salt or animal fat, and 52 % are overweight. Although the student’s lifestyle was considering good, the nutrition plays an important role do the cardiovascular risk factors.

    Key words: lifestyle; students; risk factors.

    Recebido: 02/2014
    Aceito: 04/2014

    Sobre o autor:

    1.  Mestre pela UFPR, fisioterapeuta, docente da Universidade do Contestado, pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Saúde Coletiva e Meio Ambiente da UnC, Mafra, Santa Catarina, Brasil. E-mail: [email protected]
    2. Mestre pela UnC, enfermeira, docente da Universidade do Contestado, pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Saúde Coletiva e Meio Ambiente da UnC, Mafra, Santa Catarina, Brasil. E-mail: [email protected]
    3. Doutorando pela UDESC, profissional de educação física, docente da Universidade do Contestado, pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Saúde Coletiva e Meio Ambiente da UnC, Mafra, Santa Catarina, Brasil. E-mail: [email protected]
    4. Mestre pela UnC, Psicóloga, docente da Universidade do Contestado, pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Saúde Coletiva e Meio Ambiente da UnC, Mafra, Santa Catarina, Brasil. E-mail: [email protected]
    5. Doutora pela USP, fisioterapeuta, docente da Universidade do Contestado, Mafra, Santa Catarina, Brasil e Faculdades Santa Cruz, Curitiba, Paraná, Brasil. Pesquisadora responsável do Núcleo de Pesquisa em Saúde Coletiva e Meio Ambiente da UnC.

    Autor para correspondência:

    Renata Campos

    Avenida Nereu Ramos, 1071, Sala do Núcleo de Saúde e pesquisa, Jardim Moinho, Mafra/SC, CEP: 89300-000.
    E-mail: [email protected]

     

    Deixe um comentário