Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    03-dez-2018 às 16:54

    EXERCÍCIO AERÓBICO E DENSIDADE MINERAL ÓSSEA EM PACIENTES COM DOENÇA RENAL CRÔNICA EM HEMODIÁLISE

    [addtoany]
    A doença renal crônica (DRC) se caracteriza pela destruição progressiva de néfrons individuais por períodos prolongados de tempo

    Aerobic exercise and bone density in patients with chronic kidney disease in hemodialysis

    Simone da Silva Kral1; Camila Gimenes2; Roberta Munhoz Manzano2, Célio Guilherme Lombardi Daibem2

     

    RESUMO

    A doença renal crônica (DRC) se caracteriza pela destruição progressiva de néfrons individuais por períodos prolongados de tempo. O presente estudo teve como objetivo verificar o efeito de 12 semanas de exercício aeróbio na densidade mineral óssea de pacientes renais crônicos em hemodiálise. Foram incluídos indivíduos adultos, com DRC e em hemodiálise há pelo menos três meses, independente de sexo ou idade. O exercício aeróbio foi realizado nas primeiras duas horas da sessão de hemodiálise, três vezes na semana, com um ciclo ergômetro portátil, com duração de 12 semanas. Para avaliação da densidade mineral óssea foi realizado como método a técnica de absorciometria de raio-x de dupla energia, mais conhecido como DEXA. Foi aplicado o teste t pareado para comparar o T-score pré e pós exercício. Fizeram parte da amostra três mulheres (50%) e três homens (50%), com média de idade de 54,83±16,87 anos. A comparação entre os momentos pré e pós exercícios neste estudo demonstrou aumento do T-score em 4 indivíduos, sendo que em 1 indivíduo não apresentou alteração e em outro houve diminuição, com tendência de melhora da média geral. O presente estudo verificou que houve tendência para melhora na Densidade Mineral Óssea DMO nos doentes renais crônicos em hemodiálise com 12 semanas de exercício aeróbio.

    Palavras-chave: Diálise Renal, Doença Renal Crônica, Exercício, Densidade Óssea.

    ABSTRACT

    Chronic kidney disease (CKD) is characterized by progressive destruction of nephron individual for prolonged periods of time. This study aims to determine the effect of 12 weeks of aerobic exercise on bone mineral density in chronic renal failure patients on hemodialysis. This study enrolled individuals adult volunteers with chronic kidney disease on hemodialysis for at least three months, regardless of gender or age. Aerobic exercise was performed in the first two hours of hemodialysis session
    three times a week with a portable ergometer cycle with 12 weeks. To evaluate bone mineral density it was carried out the method of x-ray absorptiometry dual energy technique, known as DEXA. The paired t-test was applied to compare pre and post exercise T-score. The sample included three women (50%) and three men (50%) with a mean age of 54.83±16,87 years. The comparison between pre and post exercise in this study showed increased T-score in four individuals, and in 1 subject did not change and in another there was a decrease, with improved overall average trend. This study found that there was a trend for improvement in BMD in chronic renal failure patients on hemodialysis with 12 weeks of aerobic exercise.

    Keywords: Renal Dialyses, Chronic Renal Insufficiency, Exercise, Bone Density.

     

    SOBRE OS AUTORES

    1 Discente do Curso de Fisioterapia das Faculdades Integradas de Bauru, Bauru-SP-Brasil
    2 Docente do Curso de Fisioterapia das Faculdades Integradas de Bauru, Bauru-SP-Brasil

    Autor correspondente:

    Roberta Munhoz Manzano
    Endereço: Rua José Santiago Q.15, Cidade: Bauru-S.P
    CEP: 17056-120
    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário