21-out-2014 às 19:14

    ESTUDO OBSERVACIONAL SOBRE SINTOMATOLOGIA DOLOROSA E QUALIDADE DE VIDA DE FISIOTERAPEUTAS EM CLÍNICAS PRIVADAS DA CIDADE DO RECIFE

    [addtoany]

    Observational study on painful symptoms and quality of life of physiotherapists in private clinics of the city of Recife.

     

    DAMASCENO, Annie Francis1, UCHÔA, Érica Patrícia Borba Lira2, UCHÔA,
    Silvana Maria de Macêdo3

    As Doenças Ocupacionais pertencem ao grupo de doenças mais prevalentes no Brasil e no mundo. Trabalhadores da área de saúde, tendo como destaque os fisioterapeutas de clínicas particulares, são apontados como um grupo de risco para o aparecimento deste distúrbio.

    RESUMO

    As Doenças Ocupacionais pertencem ao grupo de doenças mais prevalentes no Brasil e no mundo. Trabalhadores da área de saúde, tendo como destaque os fisioterapeutas de clínicas particulares, são apontados como um grupo de risco para o aparecimento deste distúrbio. Apesar disto, são escassos os estudos relacionados a este tema. O presente estudo tem como objetivo traçar o perfil epidemiológico de sintomatologias dolorosa em fisioterapeutas de clínicas privadas da cidade do Recife, associado ao nível de qualidade de vida desses profissionais. Trata-se de um estudo observacional analítico de corte transversal, realizado com fisioterapeutas que trabalham em clínicas particulares de Recife, os quais responderam a dois questionários, onde o primeiro foi o Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares e o segundo foi o Questionário de Qualidade de Vida SF-36. Ao término do estudo constatou-se que, o profissional de fisioterapia possui dores prevalentes na coluna lombar, e que este sintoma álgico é decorrente das posturas adotadas durante sua jornada de trabalho, tendo como principal a postura de flexão parcial ou total do tronco em pé, juntamente com á utilização de técnicas manuais. Dessa forma é possível que futuramente a dor seja um fator que influencie negativamente em seu bem estar, prejudicando sua qualidade de vida.

    Palavras-Chave: Doenças profissionais, doenças musculoesqueléticas, transtornos traumáticos cumulativos (LER/DORT) e dor.

    ABSTRACT

    The Occupational Diseases belong to the most prevalent diseases in Brazil and worldwide. Healthcare workers, with an emphasis physiotherapists private clinics, are singled out as a group at risk for the onset of this disorder. Despite this, there are few studies related to this topic. The present study aims to delineate the epidemiology of painful symptomatology physiotherapists in private clinics in Recife, associated with the level of quality of life of these professionals. This is an observational analytic cross-sectional, conducted with physiotherapists working in private clinics in Recife, which answered two questionnaires, where the first was the Nordic questionnaire for musculoskeletal symptoms and the second was the quality of life questionnaire SF 36. At the end of the study it was found that the professional physical therapy has pains prevalent in the lumbar spine, and this symptom is pain resulting from positions taken during his working hours, with the primary posture bending or part of the trunk standing , together with the use manual techniques. Thus it is possible that future pain is a factor that influences negatively on their welfare, impaired quality of life.

    Keywords: Occupational diseases, muscle-skeletal disorders diseases, cumulative trauma disorders and pain.

    Recebido: 03/2013
    Aceito: 05/2013

    Sobre o autor:

    1 – Graduanda do curso de Fisioterapia da Universidade Católica de Pernambuco.
    2 – Mestre em Ciências Biológicas/Fisiologia pela Universidade Federal de Pernambuco, Docente do curso de Fisioterapia da Universidade Católica de Pernambuco.
    3 – Mestre em Fisioterapia, Docente do curso de Fisioterapia da Universidade Católica de Pernambuco.

    Autor para correspondência:

    Autor Correspondente:
    Annie Francis Damasceno
    Rua Dias Dávila, 205 – Várzea,
    Recife- PE- Brasil, [email protected]

    Deixe um comentário