16-jan-2013 às 12:22

    ESTUDO DA PREVALÊNCIA DE CEFALÉIA E SEU IMPACTO NA QUALIDADE DE VIDA EM UNIVERSITÁRIOS

    [addtoany]

    Study of prevalence of headache and its impact on quality of life in college

     
    Rúbia Marcia Benatti¹, Tatiane Braganholi², Karen Valezio de Oliveira³, Viviane Aparecida Linhares Figura³

    Cefaléia é todo processo doloroso no segmento cefálico. O objetivo do estudo foi estudar a prevalência de cefaléia e seu impacto na qualidade de vida em universitários.

    RESUMO

    Aplicou-se um questionário adaptado sobre cefaléia, com base no Headache Impact Test (HIT-6) e o Migraine Disability Assessment (MIDAS). Amostra com 560 acadêmicos de Instituição de Ensino Superior da cidade de Curitiba. 75% referiram cefaléia, e desses, vários apresentam alteração na sua qualidade de vida, sentindo-se limitados para determinadas atividades. Apenas 26% dos entrevistados procuraram tratamento, embora mais de 90% usam algum tipo de medicamento para controle da cefaléia. Há alta prevalência de cefaléia e a maioria dos participantes, neste estudo, não procuram especialidades médicas para investigar sua dor de cabeça, mas afirmam usar medicamentos para controle dos sintomas.

    Palavras-chave: Cefaléia, Fisioterapia, Qualidade de vida.

    ABSTRACT

    Headache is the whole painful process in the cephalic segment. The aim of this study was to evaluate the prevalence of migraine and its impact on quality of life in college. We applied a questionnaire on headache, based on the Headache Impact Test (HIT-6) and Migraine Disability Assessment (MIDAS). Sample of 560 students of an Institution of Higher Education of the city of Curitiba, of whom 75% had headache, and of these, several have changes in their quality of life , feeling limited to certain activities and only 26% of respondents sought treatment, although more than 90% use some kind of medication to control headaches. There is high prevalence of headache and most  university participants do not seek medical specialties to investigate your headache, but say they use drugs to control symptoms.

    Keywords: Headache, Physiotherapy, Quality of life.

    Recebido: 08/2012
    Aceito: 11/2012

    Autor para correspondência:

    Profª Ms. Rúbia Marcia Benatti
    Depto. de Fisioterapia, Universidade Positivo,
    Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Cidade Industrial, Curitiba.
    Email: [email protected]

    Deixe um comentário