Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    16-jan-2014 às 08:53

    EFICÁCIA DO TRATAMENTO FISIOTERÁPICO PARA O CONTROLE DE TRONCO EM INDIVÍDUOS ACOMETIDOS PELO ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO

    [addtoany]

    Effectiveness of physiotherapy for controlling body in individuals who suffer from stroke

     

    Ciro Grégory Sena1, Mirelle de Oliveira Saes2, Marta Brod1,Victor Edgar Pitzer Neto 1

     

    A mobilidade de tronco vem sendo relatada como um importante preditor de independência funcional após o Acidente Vascular Encefálico (AVE), tornando a facilitação e recuperação do controle motor essencial para reabilitação física destes indivíduos.

     

    RESUMO

    Contextualização: A mobilidade de tronco vem sendo relatada como um importante preditor de independência funcional após o Acidente Vascular Encefálico (AVE), tornando a facilitação e recuperação do controle motor essencial para reabilitação física destes indivíduos.
    Objetivo: demonstrar a eficácia do tratamento fisioterápico para melhoria da mobilidade de tronco de pacientes acometidos pelo AVE.
    Metodologia: Estudo de intervenção com nove pacientes com diagnóstico de AVE. Para avaliação da mobilidade de tronco utilizou-se a Escala do Comprometimento do Tronco (ECT), e esta foi aplicada antes e após o protocolo de tratamento. Este por sua vez, foi composto por 20 sessões de exercícios cinesioterapêuticos, com duração de 50 minutos cada. Resultados: Todos os pacientes apresentaram aumento na pontuação do ECT após o tratamento fisioterápico. Ao avaliar os itens o instrumento separadamente, observou-se que seis, dos sete itens avaliados, apresentaram melhora estatisticamente significativa após a intervenção.
    Conclusão: Através deste estudo constatou-se que a fisioterapia é eficaz para melhora da mobilidade de tronco em pacientes com AVE.

     

    Palavras Chave: Fisioterapia; Hemiplegia; Acidente Vascular Encefálico.

     

    ABSTRACT

    Background: The mobility of the trunk has been reported as an important predictor of functional independence after cerebrovascular accident (CVA), tornamdo facilitation and recovery of motor control essential for physical rehabilitation of these individuals.
    Objective: To demonstrate the effectiveness of physical therapy to improve the mobility of patients affected by trunk AVE.
    Methodology: intervention study of nine patients with a diagnosis of stroke. To evaluate the mobility of the trunk used the Trunk Impairment Scale (ECT), and this was applied before and after the treatment protocol. This powder turn comprised 20 cinesioterapêuticos exercise sessions, lasting 50 minutes each.
    Results: All patients showed an increase in scores after ECT therapy treatment. When evaluating the instrument items separately, it was observed that six of the seven items evaluated, showed statistically significant improvement after the intervention.
    Conclusion: The study found that physical therapy is effective for improvement of trunk mobility in stroke patients.


    Key Words: Physical therapy, hemiplegia, stroke.

    Recebido:06/2013
    Aceito: 12/2013

    Sobre o autor:

    1. Faculdade Anhanguera do Rio Grande/ Rio Grande / Rio Grande do Sul/ Brasil
    2. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde/Universidade Federal do Rio Grande/ Pelotas/ Rio Grande do Sul/ Brasil

    Autor para correspondência:

    Ciro Grégory Sena
    Endereço: Avenida Rheingantz, 91 – Parque Coelho – Rio Grande – RS
    Email: [email protected]

    Deixe um comentário