Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    16-jul-2014 às 08:56

    EFEITOS DE UM PROTOCOLO FISIOTERAPÊUTICO DURANTE HEMODIÁLISE EM PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA

    [addtoany]

    Effects of a physiotherapy protocol during hemodialysis in patients with chronic renal failure

    Fernanda Agnys Oliveira Guirra Santos1, Clarissa Rios Lara1, Thelso De Jesus Silva2, Fernanda Warken Rosa³.

     

    Avaliar os efeitos de protocolo fisioterapêutico na capacidade funcional de pacientes com IRC durante a hemodiálise.

    RESUMO

    OBJETIVO: Avaliar os efeitos de protocolo fisioterapêutico na capacidade funcional de pacientes com IRC durante a hemodiálise.

    MÉTODOS: Trata-se de um ensaio clínico não randomizado. Foram aplicados exercícios localizados, três vezes por semana, com duração de 25-30 minutos. A capacidade funcional foi verificada pelo teste de caminhada de seis minutos (TC6). Foi realizada na análise estatística a comparação dos dados e o teste T de Student foi aplicado. Um p < 0,05 foi considerado estatisticamente significante.

    RESULTADOS: Dos 13 pacientes acompanhados, 84,6% era do sexo masculino e a média de idade foi de 52,4 ± 17,4 anos. O resultado do TC6 mostrou redução da capacidade funcional. À distância percorrida TC6 pré-intervenção fisioterapêutica foi de 414,5 ± 73,3 metros, e pós-intervenção foi de 428,6 ± 61,7 metros. Após fazer comparação com os valores previstos para normalidade, não houve diferença significante nem clínica nem estatística (p = 0, 407).

    CONCLUSÃO: A aplicação de exercícios localizados como base de um protocolo fisioterapêutico não promoveu efeitos expressivos na capacidade funcional do grupo estudado. Apesar desse achado, não se pode afirmar que o tipo de abordagem realizada no protocolo não deve ser feita, já que provavelmente há ganhos na força muscular, parâmetro não abordado como indicador de resultado no presente estudo. Assim, sugerimos que seja avaliada a associação de atividades aeróbicas e exercícios combinados para melhoria da capacidade funcional.

    Palavras-chave: Diálise renal; Exercício; Fisioterapia. 

    ABSTRACT

    OBJECTIVE: Evaluate the effects of a physiotherapy protocol on the functional capacity of patients with CRF during hemodialysis.

    METHODS: This is a non randomized clinical trial. Localized exercises were applied three times a week, 25-30 minutes length. Functional capacity was verified by the Six-minute walk Test (6MWT). During statistical analysis, data comparison was perfomed. A p <0.05 was considered statistically significant.

    RESULTS: Of 13 patients followed up, 84.6% was male and the mean age was 52.4 ± 17.4. The result of the 6MWT showed reduction of functional capacity. The 6MWT distance prior to the physiotherapy intervention was 414.5 ± 73.3 meters, and after the intervention was 428.6 ± 61.7 meters. After comparison with the predicted values for normality, neither clinic nor statistics (p = 0,407) significant difference was found.

    CONCLUSION: The application of local exercises as a basis of a physiotherapy protocol has not promoted expressive effects on the functional capacity of the study group. Despite this finding, we cannot state that the type of approach employed in the protocol should not be performed, since there are probably gains in muscle strength, a parameter not mentioned as a result indicator in this study. Thus, we suggest the assessment of association of aerobic activities and local exercises  to improve functional capacity.

     

    Key words:  Renal dialysis; Exercise, Physical therapy specialty.

    Recebido: 02/2014
    Aceito: 05/2014

    Sobre o autor:

     1 Fisioterapeuta (UCSal)
    2 Fisioterapeuta (IBMR); Mestre em Medicina e Saúde (UFBA)
    3 Fisioterapeuta (UDESC); Doutora em Ciências/Reabilitação (Unifesp)

     

    Autor para correspondência:

    Fernanda Agnys Oliveira Guirra Santos

    Rua Edmundo José dos Reis, Jardim Metrópole, s/n Quadra A LOTE 2, Itinga.
    CEP: 42.700-000 Lauro de Freitas, Bahia, Brasil
    E-mail: [email protected]
    Tel.: (71) 9905-9342

    Deixe um comentário