Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    29-out-2015 às 11:27

    COMPARAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA ENTRE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS E NÃO INSTITUCIONALIZADOS EM RECIFE-PE

    [addtoany]

    A população mundial está em processo de envelhecimento. Diante de uma população cada vez mais envelhecida, é importante que os idosos possuam uma boa qualidade de vida. 

    Compare quality of life between elderly institutions and not institutions in Recife-PE

    Sarah Pessoa de Araújo Sabino1, Cristiana Maria Macedo Brito2, Érica Patrícia Borba Lira Uchôa3, Valéria Conceição Passos de Carvalho4, Andrezza Pimentel de Santana5

    RESUMO

    Contextualização: A população mundial está em processo de envelhecimento. Segundo dados oficiais, a faixa etária que se considera idoso é de 65 anos em países desenvolvidos e 60 anos em países subdesenvolvidos. A institucionalização do idoso está diretamente ligada a fatores como: classe social, manifestação da doença e disfunção, imobilidade, instabilidade, incontinência e perdas cognitivas sendo os três últimos os principais. Diante de uma população cada vez mais envelhecida, é importante que os idosos possuam uma boa qualidade de vida. Objetivo: Comparar a qualidade de vida entre idosos institucionalizados e não institucionalizados em Recife-PE. Métodos: É um estudo do tipo observacional, descritivo, de corte transversal. Foi desenvolvido em unidades institucionalizadas, em domicílios ou clínicas, localizadas na cidade do Recife.  A amostra foi composta por 60 idosos dos quais 30 eram institucionalizados e 30 não institucionalizados. Após a obtenção do consentimento, foi assinado o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), e aplicados os questionários SF-36 e WHOQUOL-BREF. Resultados: Observaram-se diferenças significantes apenas para o escore da capacidade funcional do SF-36 e quanto aos domínios do Whoqol-Bref, notou-se diferenças significantes quanto aos domínios físicos, de relações sociais e de meio ambiente. Conclusão: Evidenciou-se a importância do acompanhamento do fisioterapeuta com pacientes idosos, enfatizando os institucionalizados, atuando de forma curativa e preventiva, com grande importância nos programas de assistência à saúde do idoso.

    Palavras chave: Idosos, qualidade de vida, institucionalização.

    ABSTRACT

    Background: According to the World Health Organization (WHO), the age group that is considered elderly is 65 years in advanced countries and 60 in not advanced countries. The institutionalization of the elderly is connect to factors such as social class, disease infection and dysfunction, immobility, instability and cognitive impairment with the three last. In a old population, it is important to ensure not only the long life, but also a good quality of life. Objective: To compare the quality of life among institutionalized and non-institutionalized elderly in Recife-PE. Methods: The study is an observational, descriptive, cut-sectional. Was developed in units institutionalized in homes or clinics, located in Recife City. The sample consisted of 60 elderly people of whom 30 were institutionalized and 30 not institutionalized. After obtaining consent, signed the Statement of Consent (SC), and applied the questionnaire SF-36 and WHOQUOL-BREF. Results: There were significant differences only for the score of the functional capacity of the SF-36 and how the domains of WHOQOL-BREF, we noted a significant difference in physical domains, social relationships and environment. Conclusion: It was evident the importance of monitoring the physiotherapist with the elderly, emphasizing the institutionalized acting curative and preventive programs with big importance in the health care of the elderly.

    Keywords: Elderly, quality of life, institutionalization.

    SOBRE O AUTOR

    ¹ Graduanda do Curso de Fisioterapia da Universidade Católica de Pernambuco. Recife – PE – Brasil.

    ² Docente no curso de Fisioterapia da disciplina Prática Supervisionada II de Pediatria da Universidade Católica de Pernambuco. Recife- PE- Brasil.

    3 Docente no curso de Graduação e Pós-Graduação em Fisioterapia da Universidade Católica de Pernambuco. Recife- PE- Brasil.

    4 Docente no curso de Graduação em Fisioterapia da Universidade Católica de Pernambuco. Recife- PE- Brasil.

    5 Docente no curso de Estética e Cosmética da Faculdade Integrada de Pernambuco. Recife- PE- Brasil.

    AUTOR CORRESPONDENTE

    Andrezza Pimentel de Santana. Avenida Manoel Borba, 1000, apto: 1701, Boa Vista, Recife – PE – Brasil. [email protected]

     

    Deixe um comentário