10-abr-2018 às 10:53

    CINESIOTERAPIA UROGINECOLÓGICA NA INCONTINÊNCIA URINÁRIA DE MULHERES IDOSAS FISICAMENTE ATIVAS

    [addtoany]

    Este estudo teve como objetivo verificar o efeito de 10 sessões de cinesioterapia uroginecológica para incontinência urinária (IU) em idosas fisicamente ativas.

    Kinesiotherapy urogynecological in women urinary incontinence old physically active

    Priscila Almeida Inhoti1, Eraldo Schunk Silva2, Daniel Vicentini de Oliveira3, Sônia Maria Marques Gomes Bertolini4.

    RESUMO

    Este estudo teve como objetivo verificar o efeito de 10 sessões de cinesioterapia uroginecológica para incontinência urinária (IU) em idosas fisicamente ativas. Pesquisa de caráter quantitativo, caracterizada por um programa de intervenção aplicado duas vezes por semana. Foram realizadas avaliações pré e pós-programa de intervenção por meio do pad test de uma hora (teste do absorvente). Amostra composta por 30 mulheres com idade ≥ 60 anos, incontinentes, praticantes de atividade física regularmente. Os dados foram analisados no programa SAS versão 9.3. Para os testes de hipóteses, o nível de significância adotado foi de 5%. A média de idades das participantes era de 73,36±4,53 anos. Houve diminuição significativa entre o peso do absorvente antes e após a intervenção (p=0,0001). Sete mulheres (23,33%) deixaram de ser incontinentes. O programa de intervenção com 10 sessões de cinesioterapia reduziu a perda de urina de mulheres idosas fisicamente ativas.

    Palavras-chave: Incontinência urinária. Exercícios físicos. Envelhecimento. Promoção da Saúde.

    ABSTRACT

    This study aim to evaluate the effect of 10 cinesioterapia urogynecological sessions for urinary incontinence (UI) in active elderly women. Quantitative study, characterized by an intervention program applied twice a week. They were performed pre- and post-intervention program through an hour pad test ratings (pad test). Sample of 30 women aged ≥ 60 years, incontinent, physically active regularly. The data were analyzed with SAS version 9.3 program. For hypothesis testing, the significance level was 5%. The mean age of participants was 73.36 ± 4.53 years. A significant reduction of the weight of the absorbent before and after the intervention (p = 0.0001). Seven women (23.33%) no longer incontinent. The intervention program with 10 kinesiotherapy sessions reduced urine loss of physically active elderly women.

    Keywords: urinary incontinence, physical exercise, aging, health promotion.

    SOBRE OS AUTORES

    1. Centro Universitário de Maringá (UNICESUMAR), Maringá, Paraná, Brasil.

    2. Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Paraná, Brasil.

    3. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, São Paulo Brasil.

    4. Centro Universitário de Maringá (UNICESUMAR); Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, Paraná, Brasil.

    Autor correspondente:

    Priscila Almeida Inhoti.

    Rua Nilo Polo Ferrato, 803 – Jd. Paris, Maringá-Pr;

    (44) 3027-6360 ramal 1178; [email protected]

    Fonte de financiamento: Centro Universitário Cesumar (UniCesumar), Maringá-Pr, Brasil

     

    Deixe um comentário