Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    21-out-2014 às 17:44

    BREATH STACKING E AIR STACKING NA PRÁTICA CLÍNICA FISIOTERAPÊUTICA.

    [addtoany]

    Breath Stacking and air stacking in clinical practice physiotherapeutic.

    José Borges de Moura Júnio¹ Ricardo João Soares Barros Filho² Jandisy Braga Lustosa³

    As técnicas de empilhamento, que incluem o breath stacking e air stacking, têm como principio fisiológico o aumento do volume pulmonar através de uma máscara com válvula unidirecional com ou sem auxílio de reanimador manual. Essas técnicas possuem efetividade na prática clínica com objetivo de reexpansão, auxílio à tosse e mensuração de capacidade inspiratória.

    RESUMO

    As técnicas de empilhamento, que incluem o breath stacking e air stacking, têm como principio fisiológico o aumento do volume pulmonar através de uma máscara com válvula unidirecional com ou sem auxílio de reanimador manual. Essas técnicas possuem efetividade na prática clínica com objetivo de reexpansão, auxílio à tosse e mensuração de capacidade inspiratória. O objetivo deste artigo foi proceder a uma revisão de literatura sobre o uso clínico das técnicas de empilhamento de ar. Para tanto, foi realizada extensa pesquisa nas bases de dados Medline, SciELO, LILACS e PubMed. Em consonância com os estudos vistos, as técnicas de empilhamento de ar tem efetividade comprovada na expansão pulmonar (Através da otimização do volume inspiratório), na remoção de secreção brônquica (Em consequência do aumento do Pico de Fluxo expiratório) e na mensuração da capacidade inspiratória. Dessa forma, as técnicas de empilhamento de ar constituem-se em um importante recurso na prática diária da fisioterapia respiratória.

    Palavras-chave: Empilhamento de ar, terapia de expansão pulmonar, tosse assistida, doenças neuromusculares.

    ABSTRACT

    The air stacking techniques, which include breath stacking and air, has as its principle physiological increase in lung volume through an oronasal mask attached to with a unidirectional valve with or without the manual resuscitation bag. These techniques have effectiveness in clinical practice with reexpansion goal, cough assistance and inspiratory capacity measurement. The aim of this paper was to perform a literature review on the clinical use of air stacking techniques. Therefore, extensive research was conducted in Medline, SciELO, LILACS and PubMed. In line with studies visas, air stacking techniques have proven effectiveness in lung expansion (By optimizing the inspiratory volume), the removal of bronchial secretions (a consequence of the increase in peak expiratory flow) and inspiratory capacity measurement. Thus, the air stacking techniques constitute an important feature in the daily practice of respiratory therapy.

    Keywords: air stacking, lung expansion, cough assistance, neuromuscular diseases.

    Sobre o autor:

    1. Fisioterapeuta formado pela Universidade Estadual do Piauí, Teresina-PI, Brasil e Fisioterapeuta do Hospital de Urgência de Teresina Prof. Zenon Rocha, Teresina-PI, Brasil.
    2. Fisioterapeuta formado pela Universidade Estadual do Piauí, Teresina-PI, Brasil e Fisioterapeuta do Hospital de Urgência de Teresina Prof. Zenon Rocha, Teresina-PI, Brasil.
    3. Fisioterapeuta formada pela Universidade Estadual do Piauí, Teresina-PI, Brasil e Fisioterapeuta do Hospital Municipal Djalma Marques, São Luis- MA, Brasil.

    Autor para correspondência:

    José Borges de Moura Júnio
    Rua Nilo Peçanha, 1265; Lourival Parente
    Teresina-PI, Brasil. CEP: 64023420
    e-mail: [email protected]

    Deixe um comentário