Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    20-set-2012 às 11:09

    Avaliação Eletromiográfica e Clínica da Técnica de Liberação Posicional em Pontos-Gatilho do Trapézio

    [addtoany]

    Electromyographic and Clinical Assessment of Positional Release Therapy in Trapezius Trigger Points

    Danilo de Almeida Vasconcelos1, José Diego Sales do Nascimento2, Estélio Henrique Martin Dantas3, João Guilherme Bezerra Alves4,  Myrella dos Santos Vitorino5

    Resumo

    Os pontos-gatilho são nódulos palpáveis dolorosos que produzem dor referida espontânea ou a dígito-pressão, podendo ser encontrados em qualquer músculo esquelético. A presença de pontos-gatilho pode diminuir a atividade muscular, desenvolver fadiga local no músculo, levando a perda da produtividade e consequente incapacidade biopsicosocial, reduzindo a qualidade de vida dos indivíduos acometidos. O objetivo da pesquisa foi comparar a atividade eletromiográfica e a percepção dolorosa do músculo trapézio antes e depois da aplicação terapia de compressão isquêmica associada a terapia de liberação posicional. Participaram do estudo 15 indivíduos assintomáticos portadores de síndrome miofascial do trapézio, submetidos a avaliação eletromiográfica e clínica do trapézio antes e depois do tratamento, bem como avaliação da dor à digito-pressão pela Escala Visual Analógica. Verificou-se uma diminuição da percepção dolorosa significativa (p < 0,001) e, mediante avaliação eletromiográfica, aumento do valor de RMS estatisticamente significativo, apresentando p < 0,05. A terapia combinada de compressão isquêmica e técnica de liberação posicional foi capaz de diminuir a percepção dolorosa da dor e apresentar uma tendência em melhorar a efetividade do músculo trapézio da amostra, podendo se constituir um eficaz tratamento para síndrome miofascial do trapézio.

    Palavras-Chave: Síndromes de Dor Miofascial. Eletromiografia. Avaliação de Resultados de Intervenções Terapêuticas. Manipulações Musculosqueléticas. Fisioterapia.

    Abstract

    The trigger points (TrPts) are palpable painful nodules that produce spontaneous referred pain by digital pressure. The presence of TrPts may lead to loss of productivity and consequent biopsychosocial inability, reducing the quality of life of affected individuals. The purpose of this research was to compare the electromyographic activity and pain perception of the trapezius muscle before and after application of ischemic compression therapy associated with positional release therapy. The study enrolled 15 asymptomatic subjects with a diagnosis of trapezius myofascial pain syndrome who underwent clinical and electromyographic evaluation of the trapezius muscle before and after treatment, as well as evaluation of pain on digital pressure by the Visual Analogue Scale. There was a statistically significants decrease in pain perception (p<0.001) and the increase RMS value presenting p<0.05. The combined therapy was able to decrease pain perception and present a tendency to improve the effectiveness of the trapezius muscle upper, may constitute an effective treatment for myofascial pain syndrome of the trapeze, but did not improve the effectiveness of the muscle in the sample.

    Key Words: Myofascial Pain Syndromes. Electromygraphy.Evaluation of Results of Therapeutic Interventions. Musculoskeletal Manipulations.Physical Therapy.

    Sobre os Autores

    Recebido: 05/2012
    Aceito: 08/2012
    José Diego Sales do Nascimento
    Instituto Brasileiro de Tecnologia e Saúde
    Av. São Paulo, Bairro Dos Estados, 843, João Pessoa – PB/ Cep: 58.030-040
    Email: [email protected]

    Deixe um comentário