Volta para o Início COVID-19 - Veja como estamos atuando!
    16-out-2019 às 16:03

    AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DE IDOSOS PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DO MÉTODO PILATES EM APARELHOS.

    RESUMO

    Objetivos: o número de idosos que praticam algum tipo de atividade física está crescendo, principalmente o Método de Pilates, pois o mesmo traz melhorias de postura, mobilidade, força, equilíbrio, agilidade e principalmente proporciona qualidade de vida. Este trabalho teve como objetivo avaliar o perfil e a qualidade de vida dos idosos praticantes e não praticantes do Método de Pilates. Métodos: trata-se de um estudo de caráter descritivo, abordagem quantitativa de forma aleatória simples, por meio de aplicação dos questionários WHOQOL-OLD e WHOQOL-BREF. Os dados foram tabulados e analisados estatisticamente, sendo realizada a estatística descritiva e inferencial para comparação entre os dois grupos. Resultados: Comparando os escores de qualidade de vida entre os grupos do questionário WHOQOL-OLD, verificou-se diferença estatisticamente significativa (p<0,05) na faceta autonomia, participação social e na avaliação total da qualidade de vida, com os praticantes de Pilates apresentando médias superiores. Já no questionário WHOQOL-BREF, as facetas que apresentaram diferenças estatisticamente significativas (p<0,05) entre os grupos, foram do meio ambiente, avaliação total da qualidade de vida, físico e auto avaliação da qualidade de vida, com os praticantes de Pilates apresentando novamente médias superiores aos sedentários. Conclusões: Observou-se uma tendência de que o método Pilates interfere positivamente na qualidade de vida de Idosos em comparação a Idosos sedentários.

    Palavras-chave: Qualidade de vida; Pilates; Envelhecimento.

    ABSTRACT

    Objectives: The number of people who practice some form of physical activity is growing, particularly the Pilates method, because it brings posture improvements, mobility, strength, balance, agility and mainly provides quality of life. This study aimed to investigate and compare the profile and the quality of life of elderly practitioners and non-practitioners of the Pilates Method. Methods: This is a descriptive study, quantitative approach by simple random sampling, through application of the WHOQOL-OLD and WHOQOL-BREF questionnaire. Data were statistically analyzed, and conducted a descriptive and inferential statistics to compare the two groups. Results: Comparing the quality of life scores among the WHOQOL-OLD questionnaire groups, a statistically significant difference (p <0.05) was observed in the autonomy, social participation and total quality of life facet Pilates showing superior averages. In the WHOQOL-BREF questionnaire, the facets presenting statistically significant differences (p <0.05) between the groups were environmental, total quality of life, physical assessment and quality of life self-assessment, with Pilates practitioners presenting again higher averages than sedentary ones. Conclusions: There was a tendency for the Pilates method to interfere positively in the quality of life of the Elderly compared to the sedentary Elderly.

    Keywords: Quality of life; Pilates; Elderly.

    Sobre o Autor

    JOÃO PAULO FREITAS1, ANDREZZA THIMOTEO DE SOUZA2

    1. Fisioterapeuta, Mestre em Engenharia Biomédica, Docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste e Faculdade Guairacá/Guarapuava/PR.
    2. Fisioterapeuta, Pós-graduada em Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional, Discente da Universidade Estadual do Centro-Oeste/Guarapuava/Pr.

     

    Autor Correspondente:

    João Paulo Freitas

    Endereço: Rua Aldomiro Lima, 210. Bairro Batel.

    CEP 85015-508.

    Guarapuava-PR.

    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário