Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    15-abr-2019 às 10:43

    AUTOIMAGEM GENITAL DE MULHERES IDOSAS QUE FREQUENTAM UM GRUPO DE CONVIVÊNCIA

    [addtoany]

    RESUMO

    A autoestima da mulher idosa auxilia no bem-estar durante o envelhecimento, tornando as modificações naturais deste processo menos danosas. A autoimagem genital é um importante fator de saúde a ser compreendido, pois é a percepção que a mulher tem do seu órgão genital. Além disso, a autoimagem genital é influenciada por experiências sociais e sexuais. O objetivo deste estudo foi analisar a autoimagem genital de mulheres idosas que frequentam um grupo de convivência. Trata-se de um estudo transversal, observacional e quantitativo, realizado com mulheres idosas com idade entre 60 e 87 anos, frequentadoras de um grupo de convivência do município de São Luiz Gonzaga – RS, no período de fevereiro de 2018. A coleta de dados foi realizada por meio de um questionário de identificação das participantes e pelo Female Genital Self-Image Scale (FGSIS), que avalia a autoimagem genital feminina. Os dados foram analisados de forma descritiva. Foram avaliadas 15 mulheres, com média de idade 73,87±7,46 anos, prevalentemente brancas, viúvas, com nível fundamental incompleto e ativas sexualmente. Em geral, as participantes relataram uma autoimagem genital positiva (25,13±3,09 pontos). Entretanto, as questões sobre a segurança com os genitais e o conforto ao ser examinada por um profissional da saúde tiveram pontuação média mais baixa. Foi possível observar que a satisfação das mulheres com sua genitália representa um componente importante para o seu estado de saúde em geral. Sugere-se o desenvolvimento de futuras investigações que viabilizem o contentamento das mulheres com a aparência de seu órgão genital durante o envelhecimento.

     

    Palavras-chave: Mulheres; Genitália feminina; Autoimagem.

     

    ABSTRACT

    The self-esteem of the elderly woman assists in the well-being during the aging, making the natural modifications of this process less harmful. Genital self-image is an important health factor to be understood, since it is the woman’s perception of her genital organ. In addition, genital self-image is influenced by social and sexual experiences. The objective of this study was to analyze the genital self-image of elderly women who attend a social group. This is a cross-sectional, observational and quantitative study carried out with elderly women aged between 60 and 87 years, attending a social group in the city of São Luiz Gonzaga – RS, in the period of February 2018. Data collection was performed through a questionnaire identifying the participants and the Female Genital Self-Image Scale (FGSIS), which evaluates female genital self-image. The data were analyzed in a descriptive way. Fifteen women, mean age 73.87±7.46 years, predominantly white, widowed, with incomplete fundamental level and sexually active were evaluated. In general, participants reported positive genital self-image (25.13±3.09 points). However, questions about genital safety and comfort when examined by a health care professional had a lower average score. It was possible to observe that the satisfaction of the women with their genitalia represents an important component for their general state of health. It is suggested the development of future investigations that will enable the contentment of women with the appearance of their genital organ during aging.

     

    Keywords: Women; Genitalia, Female; Self Concept.

     

    SOBRE O AUTOR

    Discente de graduação em Fisioterapia (Curso de Graduação em Fisioterapia/ Universidade Federal de Santa Maria/ Santa Maria/ Rio Grande do Sul/ Brasil)

    Discente de graduação em Fisioterapia (Curso de Graduação em Fisioterapia/ Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões/ São Luiz Gonzaga/ Rio Grande do Sul/ Brasil)

    Docente do curso de Fisioterapia (Departamento de Fisioterapia e Reabilitação/ Universidade Federal de Santa Maria/ Santa Maria/ Rio Grande do Sul/ Brasil)

     

    Autor para correspondência:

    Guilherme Tavares de Arruda. End. Rua: General Osório, 330. Bairro Medianeira. CEP: 97060-270. Tel: 55 (55) 99136-0953.

    Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil.

    Email: [email protected]

    Deixe um comentário