22-nov-2012 às 09:17

    AS REPERCUSSÕES DE UM PROGRAMA DE REABILITAÇÃO PULMONAR NO NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA EM PACIENTES COM DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA

    [addtoany]

    The repercussions of a pulmonary rehabilitation of the physical activity level in patients with chronic obstructive pulmonary disease

    Cássia Cinara da Costa1, Dáversom Bordin Canterle2, Paulo Roberto Crippa Junior3, Carolina Lermen4, Caroline Colombo5, Rafael Machado de Souza6.

    A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica é uma obstrução progressiva do fluxo aéreo, desencadeando descondicionamento e inatividade física. 

    RESUMO

    O objetivo deste estudo foi comparar o nível de atividade física antes e após um programa de reabilitação pulmonar e correlacionar com a dispneia e capacidade de exercício. Para tanto foi realizado um estudo comparativo e prospectivo. Para coleta dos dados foram utilizados os seguintes instrumentos: Questionário internacional de nível de atividade física (International Physical Activity Questionaire), Teste de Caminhada de Seis Minutos, Escala de dispneia (Medical Research Council). Participaram do estudo sete colaboradores, todas do sexo feminino, com idade média de 64 ± 8,12 anos. Quanto ao nível de atividade física, 43% aumentaram o rendimento. No teste da caminhada dos seis minutos a distância em metros, antes e após, respectivamente (381,42 ± 59,62 vs. 431,85 ± 51,02). Na escala de dispneia, 57% dos pacientes melhoraram a sensação de dispneia após Programa de Reabilitação Pulmonar. Não houve correlação entre o nível de atividade física e a capacidade de realizar exercício (r=-0,47; p=0,28). Os programas de reabilitação ajudam a incrementar o nível de atividade física de portadores de doença pulmonar, tornando mais ativos.

    Palavras Chaves: DPOC, Reabilitação, Atividade Física.


    ABSTRACT

    Chronic Obstructive Pulmonary Disease is a progressive airflow obstruction, triggering by physical inactivity and deconditioning. The aim of this study was to compare the physical activity level before and after Pulmonary Rehabilitation and correlate the Physical activity level to the survival and mortality, the dyspnea, and ability to exercise. The study was comparative and prospective, type before and after. To gather information, the following tests were done: International Physical Activity Questionaire, Six-Minute Walk Test, Medical Research Council. Seven volunteers participated of the study, 100% female, in the average age 64 ± 8,12 years old. About the physical activity level, 43% increased the efficiency. In the Six-Minute Walk Test, the distance in meters, before (381,42 ± 59,62 vs after 431,85 ± 51,02). At the dyspnea scale, 57% improved after Pulmonary Rehabilitation Program. There was no correlation between PAL and the capability to exercise (r=-0,47; p=0,28). Pulmonary Rehabilitation Program chronic obstructive pulmonary disease to increase the physical activity, becoming more active.

    Keywords:  COPD, Rehabilitation, Motor activity

    Recebido: 08/2011
    Aceito: 10/2012

    Sobre os Autores 

    1. Docente da Universidade Feevale, Novo Hamburgo-RS, Brasil
    2. Docente da Universidade Feevale, Novo Hamburgo-RS, Brasil
    3. Universidade Feevale, Novo Hamburgo-RS, Brasil
    4. Universidade Feevale, Novo Hamburgo-RS, Brasil
    5. Universidade Feevale, Novo Hamburgo-RS, Brasil
    6. Docente da Universidade Feevale, Novo Hamburgo-RS, Brasil

    Autor para correspondência:

    Cássia Cinara da Costa
    Rua; Flores da Cunha, 111, AP: 504, Bairro: Pátria Nova, Novo Hamburgo/ RS
    Telefones: (51) 3586-8800(7133), (51)9237-4808
    Email:[email protected]

    Deixe um comentário