Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    20-set-2012 às 11:18

    ANALISE DAS ESTRUTURAS ARTICULARES DO JOELHO DE RATOS SUBMETIDOS À IMOBILIZAÇÃO POR DIFERENTES PERÍODOS

    [addtoany]

    Assessment of knee joints of rats submitted to immobilization for different periods.

    Sônia Maria Marques Gomes Bertolini1, Amanda da Silva Ribeiro2

    A imobilização pode gerar complicações no tecido conjuntivo, ósseo e articular. O objetivo do estudo foi verificar a influência da imobilização, por 21 e 45 dias, na cartilagem articular e no osso subcondral do joelho de ratos, analisando variáveis como o número de células e a espessura dos tecidos.

    RESUMO

    Foram utilizados 10 Rattus Navergicus albinus machos, variedade Wistar, divididos em dois grupos, sendo um grupo imobilizado por um período de 21 dias e o outro por 45 dias. Após o período de imobilização, os animais foram eutanaziados e as articulações forem analisadas histologicamente. Para análise estatística os resultados formam submetidos ao teste t pareado, com nível de significância de 5%. Pode-se notar um sensível aumento na população de condrócitos da zona superficial da cartilagem articular do fêmur (p=0,007) e da tíbia (0,005) no grupo imobilizado por 45 dias, quando comparado ao seu controle, o que foi comprovado estatisticamente. Os resultados permitiram concluir que as cartilagens articulares do fêmur e da tíbia por um período de 45 dias de imobilização sofrem alterações na população de condrócitos, o que pode afetar negativamente a biomecânica articular.

    Palavras-chave: articulação do joelho; cartilagem articular; imobilização.

    ABSTRACT

    This study compared the effects of immobilization for 21 and 45 days on the structures of the knee joints of rats. For this, 10 male Rattus Navergicus albinus, Wistar lineage, were used, divided into 2 groups, one immobilized for 21 days, and the other, for 45 days. After the immobilization period, the animals were euthanized and the joints analyzed histologically. The results were submitted to paired t-test, at 5% significance. It was observed a significant increase in the number of chondrocytes of the superficial zone of the articular cartilage of the femur (p=0.007) and tibia (0.005) in the group immobilized for 45 days, when compared to the control, which was statistically confirmed. The results allowed concluding that the articular cartilage of the femur and tibia, immobilized for 45 days, undergo changes in the population of chondrocytes, which can affect negatively the joint biomechanics.

    Recebido: 07/2012
    Aceito: 09/2012

    Keywords: knee joint; articular cartilage; Immobilization.

    Autor para correspondência:

    Sonia Maria Marques Gomes Bertolini
    Av. Colombo, n. 5790, Maringá -PR, Cep: 87020-900.
    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário