Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    05-nov-2010 às 09:54

    Análise da Intervenção Fisioterapêutica Sobre a Percepção de Desconforto em Funcionários da Linha de Produção de Uma Indústria de Laticínios

    [addtoany]

    Physical therapy intervention analysis about discomfort perception by workers of a dairy industry production line

    Aline Medeiros Cavalcanti¹, Ricardo Diego Rimenez Gurgel da Fonsêca²

    Resumo

    Considerando o avanço industrial e tecnológico que vem se solidificando continuamente, predomina uma busca incessante por maiores produtividades, quantificação de trabalho e aspiração em atingir metas.É bastante comum o trabalhador estar focado demasiadamente no desempenho de sua função laboral, em detrimento de cuidados que previnem o desenvolvimento dos Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT), que atingem hoje mais de 50% da população economicamente ativa do Brasil, com prevalência superior a 70% em populações industrializadas. Estima-se que aproximadamente 80% das pessoas sofram de algum tipo de desconforto relacionado ao trabalho. Para as DORT, a Fisioterapia consiste de uma das estratégias mais comumente associadas ao tratamento médico, por meio de abordagens que proporcionem a prevenção em seus fatores intrínsecos e extrínsecos. O objetivo do estudo foi mensurar a percepção de desconforto nos funcionários de uma linha de produção, antes e após a intervenção fisioterapêutica. Foi feito um estudo quase-experimental com 15 sujeitos da linha de produção de uma indústria de laticínios, durante 4 semanas, totalizando 12 encontros: avaliações inicial e final, e 10 intervenções. A coluna lombar e as pernas foram regiões onde mais se referiu desconforto e, dor e fadiga, foram os tipos de desconforto predominantes entre os funcionários estudados. Houve diminuição ou eliminação da percepção de desconfortos após a intervenção e segundo a percepção dos próprios sujeitos, a prática de Exercícios Laborais trouxe melhorias para sua saúde.

    Palavras-chave: Percepção de Desconforto, DORT, Exercícios Laborais.

    Abstract
     An incessant search by larger productivities, quantification of work and aspiration for achieve goals are predominant aspects, considering the industrial and technologic advances which are been continually solidifying. It is very common the worker being too focused on his work function performance despite some of prevention cares to avoid Work Related Musculoskeletal Disorders (DORT), which takes today more than 50% of the economic active population in Brazil, with higher prevalence of 70% on industrialized populations. It is estimated that 80% of people suffer some type of disorder related to work. For DORT conditions, physical therapy is one of the strategies more associated to medical treatment, by approaches which provide prevention in its intrinsic e extrinsic aspects. The goal of this study was to measure disorders perceptions by workers of a dairy industry production line, before and after the physical therapeutic intervention. We were conducted a quasi-experimental survey with 15 subjects of a dairy industry production line during 4 weeks, totaling 12 meetings: initial and final evaluation, and 10 interventions. The lumbar spine and legs was the more prevalent regions of complains and, pain and fatigue, were the disorders type more predominant between employees studied. There was a decreased or elimination of disorders perceptions after the interventions and, by self-perceptions from the employees, the practice of labor exercises brings to them improvements to health.

    Keywords: Discomfort Perception, WRMD, labor exercises.

    Sobre os Autores
    1 – Aline Medeiros Cavalcanti. Fisioterapeuta. Docente do curso de Fisioterapia da Universidade Federal do Amazonas.
    2 – Ricardo Diego Rimenez Gurgel da Fonsêca. Fisioterapeuta. Técnico Administrativo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Contato: [email protected]
    Aprovado no Comitê de Ética sob o registro nº 043/2005. CAAE: 0015.0.051.000-09.

    Deixe um comentário