27-maio-2010 às 15:00

    Análise da Capacidade Funcional do Paciente Geriátrico Institucionalizado por Meio da Escala de Barthel

    [addtoany]

    Analysis of the Functional Capacity of the Elderly Patients Institutionalized they had used it Barthel’s Scale


    Jurailton Calixto da Silva¹, Joyce Maria Alves², Samantha Christina Souza Lisboa²


    Resumo

    Verificar a capacidade do idoso de executar atividades que lhe permitem cuidar de si próprio foi o principal objetivo deste estudo. Foi utilizada a Escala de Barthel para avaliar a capacidade funcional dos idosos onde foram analisadas em dez itens de atividades de vida diária (AVD’s), incluindo mobilidade e cuidados pessoais, como alimentação e banho. Verificar a capacidade do idoso de executar atividades que lhe permitem cuidar de si próprio foi o principal objetivo deste estudo. Foi utilizada a Escala de Barthel para avaliar a capacidade funcional dos idosos onde foram analisadas em dez itens de atividades de vida diária (AVD’s), incluindo mobilidade e cuidados pessoais, como alimentação e banho. A pesquisa foi realizada em um asilo no município de São Caetano do Sul, em 29 idosos de ambos os sexos que realizam Fisioterapia, com idades entre 61 a 104 anos, sendo 10 homens e 19 mulheres. A análise dos dados obtidos foi feita através da transformação das respostas em freqüências absolutas e respectivas porcentagens. Caso as freqüências absolutas apresentassem diferença que o bom senso rejeitaria como provenientes do mero acaso, teriam sido feitos testes estatísticos de aderência (Q2). O estudo indicou que 48,2% dos idosos necessitam de supervisão ou assistência para a maioria das atividades de vida diária (AVD) e 51,8% apresentam grau máximo de independência. Os dados obtidos revelaram um alto índice de dependência funcional do idoso institucionalizado, confirmando estudos anteriores que apontam uma diminuição da capacidade funcional de idosos em instituição de longa permanência.

    Palavras-chave: Atividades cotidianas; idoso; envelhecimento; avaliação geriátrica.

    Abstract

    To verify older capacity to execute activities that allow it to take care of itself was the main objective of this study. The Barthel´s scale was used to evaluate functional capacity of the aged ones  where they had been analyzed in ten activities of daily life (ADL), including personal mobility and cares, example, feeding and bath. The research was done in an asylum in the city of São Caetano do Sul, in 29 aged of both sex that carry through physiotherapy, with ages between 61 and 104 years, 10 men and 19 women. The analysis of the gotten data was made through the transformation of the answers in absolute frequencies and respective percentages. In case that the absolute frequencies presented difference that common-sense would perhaps reject as proceeding from the mere one, they would have been made statistical tests of tack (Q2). The study indicated that 48.2% of the aged ones need supervision or assistance for the majority ADL and 51.8% present maximum degree of independence. The gotten data had disclosed one high index of institutionalized functional dependence of the aged one, confirming previous studies that point a reduction of the functional capacity of aged in institution of long permanence.

    Key words: Activities of daily living; Elderly; Geriatric assessment.

    Saobre os Autores

    1. Fisioterapeuta, Professor do Departamento de Fisioterapia da Universidade do Grande ABC – UniABC

    2. Acadêmicas da disciplina Prática de Fisioterapia Supervisionada em Geriatria e Gerontologia,do VIII semestre do curso de Fisioterapia da Universidade do Grande ABC- UniABC

    Recebido: maio de 2009
    Aceito: setembro de 2009
    Autor para correspondência: Jurailton Calixto da Silva
    E-mail: [email protected]

    [su_button url=”https://inspirar.com.br/revista/wp-content/uploads/2014/12/artigo530.pdf” target=”blank” icon=”icon: file-pdf-o”]Fazer download em PDF do artigo completo![/su_button]

    Deixe um comentário