22-out-2014 às 11:09

    AÇÃO DA CRIOTERAPIA EM REGIÃO ABDOMINAL NAS MEDIDAS CORPORAIS DE MULHERES SEDENTÁRIAS

    [addtoany]

    Effect of neural mobilzação in articular amplitude of shoulder in patients suffering with encephalic vascular accident

    Aluízio Lopes Santana¹; José Humberto Azevedo de Freitas Júnior², José Evaldo Gonçalves Lopes Junior³ Alinne Danielle Jácome de Figueiredo4

    O Acidente Vascular Encefálico (AVE) segundo a organização mundial de saúde (OMS), é definido como um sinal clínico de rápido desenvolvimento de perturbação focal na função cerebral com mais de 24 horas de duração. A mobilização neural é como um conjunto de técnicas que tem como objetivo impor ao sistema nervoso maior tensão, mediante determinadas posturas para que, em seguida, sejam aplicados movimentos lentos e rítmicos direcionados aos nervos periféricos e à medula espinhal.

    RESUMO

    O Acidente Vascular Encefálico (AVE) segundo a organização mundial de saúde (OMS), é definido como um sinal clínico de rápido desenvolvimento de perturbação focal na função cerebral com mais de 24 horas de duração. A mobilização neural é como um conjunto de técnicas que tem como objetivo impor ao sistema nervoso maior tensão, mediante determinadas posturas para que, em seguida, sejam aplicados movimentos lentos e rítmicos direcionados aos nervos periféricos e à medula espinhal. O objetivo foi analisar o efeito da mobilização neural na amplitude articular do ombro em pacientes acometidos com acidente vascular encefálico. Trata-se de um estudo descritivo com pesquisa de campo de natureza quantitativo e de caráter longitudinal composta por 05 participantes. Foi realizado uma avaliação pré e pós conduta, para aferir a amplitude articular do ombro com o auxílio de um goniômetro. Em seguida foi realizado 10 (dez) sessões de Mobilização neural dos nervos mediano (ULTT¹), ulnar (ULTT²) e radial (ULTT³). A técnica mostrou que houve benefício e resultados satisfatórios na amplitude articular do ombro na maioria dos planos, pois houve aumento da mobilidade, evidenciado no aumento em graus da amplitude de movimento do mesmo. De acordo com os achados, o uso da técnica de mobilização neural é importante na prática terapêutica, visto que deve-se ser realizado um estudo com maior amostra e número de sessões para reforçar a eficácia da técnica como sendo eficaz no aumento da amplitude articular do ombro.

    Palavras-chave: Acidente vascular encefálico; Amplitude articular do ombro; Mobilização neural. 

    ABSTRACT

    The Cerebrovascular accident (CVA) according to World Health Organization (WHO), is defined as a rapidly developing clinical signs of focal disturbance of cerebral function in over 24 hours. The neural mobilization is as a set of techniques that aims to impose greater stress to the nervous system, through certain postures that then are applied slow, rhythmic movements directed to the peripheral nerves and spinal cord. The aim of analyzing the effect of neural mobilization in shoulder joint range of affected patients with stroke. This is a descriptive study with field research and quantitative nature of longitudinal character composed of 05 participants. We conducted an evaluation before and after practice to gauge the extent of the shoulder joint with the help of a goniometer. Then was held ten (10) sessions Mobilization neural median nerve(ULTT ¹), ulnar(ULTT ²) and radial(ULTT ³). The technique showed that there was effective and satisfactory results in joint range of motion of the shoulder in most plans, for increased mobility, evidenced by the increase in degrees of range of motion of the same. According to the findings, the use of neural mobilization technique is important in therapeutic practice, as should be done a study with a larger sample and number of sessions to enhance the effectiveness of the technique to be effective in increasing joint range of shoulder.

    Key words:  Stroke; Amplitude shoulder joint; neural mobilization.

    Recebido: 02/2013
    Aceito: 10/2013

    Sobre o autor:

    1.Faculdade Santa Maria. Cajazeiras. Paraíba. Brasil.
    2.Faculdade Santa Maria. Cajazeiras. Paraíba. Brasil.
    3.Universidade Federal do Ceará -UFC/ Departamento de Biotecnologia.
    Fortaleza Ceará. Brasil.
    4.Faculdade Santa Maria. Cajazeiras. Paraíba. Brasil.

    Autor para correspondência:

    José Humberto Azevedo de Freitas Junior
    Faculdade Santa Maria
    Rua: Francisco Gonçalves de Assis, 41, apto.303. Bairro Jardim Oceania. CEP: 58037-753. João Pessoa-PB.
    E-mail: [email protected]


    [su_button url=”https://inspirar.com.br/revista/wp-content/uploads/2014/10/artigo-258.pdf” target=”blank” icon=”icon: file-pdf-o”]Fazer download em PDF do artigo completo![/su_button]

    Deixe um comentário