25-ago-2016 às 10:27

    ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NO TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

    [addtoany]

    Disfunção temporomandibular (DTM) caracteriza-se como um conjunto de condições articulares e musculares na região crânio-orofacial que podem resultar em: dores na região da articulação temporomandibular, facial, mandíbula, na mastigação e limitação da abertura bucal, zumbido, sendo a cefaleia o sintoma mais prevalente.

    Physical therapy approach in dysfunction treatment temporomandibular

    Clovis Rafael Morais Ferreira1,  Jordano Cavalcante Leite de Macedo2, Raysse Cardoso de Sousa3

    RESUMO

    Disfunção temporomandibular (DTM) caracteriza-se como um conjunto de condições articulares e musculares na região crânio-orofacial que podem resultar em: dores na região da articulação temporomandibular, facial, mandíbula, na mastigação e limitação da abertura bucal, zumbido, sendo a cefaleia o sintoma mais prevalente. Abrange todas as faixas etárias, tendo maior incidência entre mulheres de 20 e 45 anos. O tratamento fisioterapêutico baseia-se em terapia manual, acupuntura, Reeducação Postural Global (RPG), estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS), ultrassom e laser. A fisioterapia mostra-se efetiva nos objetivos melhorar a dor e a amplitude de abertura bucal em pacientes com disfunção crânio-mandibular. O objetivo do estudo é evidenciar a eficácia de exercícios terapêuticos específicos, associados ao uso da eletroterapia, no tratamento da disfunção têmporo-mandibular. Trata-se de uma revisão da literatura sobre A abordagem fisioterapêutica no tratamento das DTM. Foram utilizadas pesquisas em revistas científicas e bases de dados: Medline, Scielo, PeDro e Pubmed. No período de 2000 a 2014. Dos 89 artigos encontrados, foram selecionados 27 artigos que contemplaram os critérios escolhidos. Dos 18 artigos selecionados todos constataram a limitação de abertura bucal, dor orofacial e cefaleia. E todos sugeriram tratamentos para DTM. Nos recursos fisioterapêuticos que incluem terapia manual, laser, TENS, acupuntura, ultrassom e RPG como base terapêutica apresentam bons resultados na melhora da dor e da amplitude de movimento nos pacientes com DTM. Os autores sugerem que novos estudos sejam realizados e que parâmetros específicos sejam divulgados junto a comunidade cientifica.

    Palavras-Chave: Articulação Temporomandibular, Dor facial, Fisioterapia.

    ABSTRACT

    Temporomandibular dysfunction (TMD) is characterized as a set of joint and muscle conditions in cranial orofacial region that may result in: temporomandibular joint, pain, facial pain, mandibular pain, chewing pain and limited mouth opening, buzzing, and headache as the most prevalent symptom. It covers all age groups, having the highest incidence among 20 and 45 year-old women. Physical therapy treatment is based on manual therapy, acupuncture, Global posture reeducation (GPR), transcutaneous electrical nerve stimulation (TENS), ultrasound and laser. Physical therapy proves to be effective in the objectives improving pain and range of mouth opening in patients with cranial-mandibular dysfunction. Demonstrate the efficacy of specific therapeutic exercises associated with the use of electrotherapy in temporomandibular joint dysfunction treatment. This is a literature review of the physical therapy approach in TMD treatment. Research in scientific journals and database were used, from 2000 to 2014: Medline, SciELO, PEDro and PubMed, using the following keywords: Disorders of the temporomandibular dysfunction/ rehabilitation, temporomandibular disorders/ dysfunction therapy, facial pain/ therapy. Of the 89 articles found, 27 which contemplated the criteria chosen were selected. The 18 selected articles all found a limited mouth opening, orofacial pain and headache. And all suggested treatments for TMD. The physical therapy resources that include manual therapy, laser, TENS, acupuncture, ultrasound and GPR as basic therapy show good results in TMD patients’ pain and range of motion improvement. The authors suggest that further studies be conducted and that specific parameters are disseminated to the scientific community.

    Keywords: Temporomandibular Joint, Facial Pain, Physiotherapy

    SOBRE OS AUTORES

    1. Associação de Ensino Superior do Piauí (Teresina/ Piauí/ Brasil)
    2. Associação de Ensino Superior do Piauí (Teresina/ Piauí/ Brasil)
    3. Associação de Ensino Superior do Piauí (Teresina/ Piauí/ Brasil)

    AUTOR CORRESPONDENTE

    Raysse Cardoso de Sousa
    Quadra 114 casa 8, bairro Dirceu 1, Teresina Piauí, CEP: 64077350
    E-mail: [email protected]

    Deixe um comentário