Você esta em:
0800 602 2828 | WhatsApp (41) 99900-5734
    24-out-2014 às 18:15

    Exacerbação da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC): Ampliação do Enfoque Fisioterapêutico no Ambiente Hospitalar

    [addtoany]

    Altieres Bera¹, Aline Roberta Danaga²

    Introdução: a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) envolve além de alterações respiratórias, complicações sistêmicas como inflamação e disfunção muscular esquelética, sendo a perda progressiva da massa muscular de quadríceps considerada preditora de mortalidade entre esses pacientes. A exacerbação da DPOC é considerada desafio para os profissionais envolvidos e apresenta alta prevalência, portanto, as condutas visam controlar ou prevenir esse quadro, seja com medidas farmacológicas ou não. Nesse sentido, programas de reabilitação são preconizados para evitar a re-internação por nova exacerbação. No entanto, pouco é estabelecido sobre treinamento muscular ainda na internação, onde os esforços se concentram na melhora do aspecto respiratório.

    Objetivo: investigar evidências sobre benefícios da abordagem intra-hospitalar de musculatura esquelética periférica na exacerbação da DPOC.

    Metodologia: revisão de literatura através de bases de dados eletrônicas Lilacs, Medline, Scielo, Bireme e PubMed; acervo da biblioteca da FSP; análise de artigos científicos, livros e sites pertinentes.

    Resultados: a literatura referente aos benefícios de treinamento na DPOC é vasta, inclusive sobre seu papel na prevenção da exacerbação. Esta por sua vez envolve liberação de citocinas que associadas ao repouso no leito levam a redução de síntese protéica, aceleração de apoptose celular, pior metabolismo oxidativo e conseqüente perda de força e atrofia muscular.

    Conclusão: considerando que a manutenção da força muscular periférica está associada à melhor capacidade funcional, e a contribuição comprovada da mobilização precoce na remoção de catabólitos e prevenção das complicações ligadas ao imobilismo, torna-se evidente a necessidade ampliar o enfoque da fisioterapia intra-hospitalar nas exacerbações da DPOC.

    Palavras-chave: Exacerbação, DPOC, reabilitação.

    Sobre o autor:

    1. Discente do Curso de Fisioterapia, Faculdade do Sudoeste Paulista – Avaré/SP.

    2. Orientadora, Docente da Faculdade Sudoeste Paulista – Avaré/SP.

    Deixe um comentário