Volta para o Início

GOZO, SINGULARIDADE E ESTILO NA PSICANÁLISE

262x166

O gozo é uma noção central na teoria e na clínica psicanalítica. Esta noção foi nomeada por Lacan, a partir do que Freud desenvolveu e apresentou em seu texto Mais além do principio do prazer. A noção de gozo na teoria psicanalítica se articula de variadas formas ao corpo, à economia pulsional, à repetição, ao traço singular de cada sujeito, ao estilo. Para Lacan o estilo surge como um saber fazer com o gozo irredutível de cada um, como a letra de cada sujeito, sua forma autoral de ser e estar no mundo e nas relações. Do trabalho analítico com o que se repete, sintomaticamente em cada sujeito, há que se extrair um autor da história individual de si mesmo.

Disponível nas Unidades

Clique sobre a cidade para obter mais informações sobre o curso.