Avaliação da Qualidade de Vida em Crianças com Síndrome de Down

Posted on 28 maio 2010 by admin

Quality Of Life Assessment In Dow’ s Syndrome Children

Almir Vieira Dibai Filho¹, Millena Victor Nascimento²,Thaís de Lima Scala³, Adeline Soraya de Oliveira da Paz4

 

Resumo

A Síndrome de Down (SD) é uma das condições mais antigas associada ao retardo mental, sendo resultante de uma trissomia do cromossomo 21, seja por translocação ou por mosaicismo. Em virtude dos problemas decorrentes dessa patologia, estas crianças são mais susceptíveis a apresentar alteração na qualidade de vida (QV). O presente estudo teve como objetivo avaliar a qualidade de vida em portadores de SD assistidos pela instituição Família Alagoana Down. Este estudo contou com a participação de 20 crianças, sendo 12 do sexo masculino e 8 do sexo feminino, com idades entre 4 e 12 anos. Os dados foram obtidos através da aplicação do questionário AUQEI – Autoquestionnaire Qualité de Vie Enfant Imagé, que contempla, em 26 questões, aspectos relacionados à família, função, lazer e autonomia. Foi constatado que os domínios lazer e família foram os fatores que mais contribuíram para a QV das crianças, sendo o fator saúde o aspecto que mais gerou insatisfação nas mesmas. Observou-se que as crianças com SD apresentaram uma qualidade de vida satisfatória, contrapondo o paradigma social que estabelece a incapacidade mediante a presença da deficiência. Ressalta-se ainda a importância da presença  da família e do uso de atividades lúdicas na promoção da saúde, desenvolvendo o cognitivo e o físico destas crianças. Embora o estudo tenha sido direcionado a uma amostra restrita de crianças com SD, espera-se que os resultados obtidos sirvam de incentivo para pesquisas posteriores.

Palavras-chave: Crianças, Promoção da Saúde, Fisioterapia.

Abstract

The Down Syndrome (DS) is the oldest associated pathology condition for mental retardation being resultant of a trisomy of chromosome 21, either by translocation or mosaicism. Due the DS specific problems those children are more susceptibles to present life quality alteration. The present study intend to evaluate the quality of life (QL) of carriers of DS attended at the institution Família Alagoana Down. The study counted on the participation of 20 children, being 12 male and 8 female, with ages between 4 and 12 years. The data had been gotten through the application of questionnaires AUQEI – Autoquestionnaire Qualité de Vie Enfant Imagé comprehending 26 questions related to aspects of the family, function, leisure and autonomy. It was evidenced that the leisure and family aspects had been the factors that contributed most for the QL of the children. Health, although, was pointed mostly out as the non satisfaction factor. It was observed that the children with DS had presented a quality of satisfactory life opposing the social paradigm that establishes the incapacity by means of the presence of the deficiency. The importance of the presence of the family and the use of playful activities in the promotion of the health is still standed out developing the mental and the physicist of these children. Although the present study intended
to cover a restricted sample of children with DS, one expects that the gotten results hope to incentive for subsequent researches.

Key words: Children, Health Promotion, Physical Therapy.

Sobre os Autores

1. Fisioterapeuta, Graduado pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió – CESMAC.

2. Fisioterapeuta, Pós-graduanda em UTI Neonatal e Pediátrica pela Faculdade Redentor – FacRedentor.

3. Psicóloga e Fisioterapeuta, Pós-graduanda em Fisioterapia Neurofuncional pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió – CESMAC.

4. Fisioterapeuta, Mestranda em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria pela Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

Recebido: maio de 2009
Aceito: setembro de 2009
Autor para correspondência: Almir Vieira Dibai Filho
E-mail: dibaifilho@gmail.com

Leave a Reply

Advertise Here
Advertise Here