Inspirar Cuiabá-MT - Cidade

header.jpg

bt_unidade_franquia bt_cidade_franquias bt_hospedagem_franquia
bt_pos_franquias   bt_extensao_franquias

 

É a capital e maior cidade do estado de Mato Grosso. O município está situado na margem esquerda do rio de mesmo nome e forma uma conurbação com o município de Várzea Grande. Segundo o censo realizado em 2010 pelo IBGE, a população de Cuiabá é de 556.298 habitantes, enquanto que a população da conurbação ultrapassa os 800 mil habitantes; sua região metropolitana possui 859 130 habitantes e o colar metropolitano possui quase 1 milhão de habitantes; e sua mesorregião possui 1.090.512 habitantes, tornando-se assim uma pequena metrópole no centro da América do Sul. A cidade é umas das 12 sedes da Copa do mundo FIFA de 2014, representando o Pantanal.

Fundada em 1719, ficou praticamente estagnada desde o fim das jazidas de ouro até o início do século XX. Desde então, apresentou um crescimento populacional acima da média nacional, atingindo seu auge nas décadas de 1970 e 1980.
panoramica1.jpg


Nos últimos 15 anos, o crescimento diminuiu, acompanhando a queda que ocorreu na maior parte do país. Hoje, além das funções político-administrativas, é o polo industrial, comercial e de serviços do estado. É conhecida como “cidade verde”, por causa da grande arborização. Em 8 de abril de 1719, Pascoal assinou a ata da fundação de Cuiabá no local conhecido como Forquilha, às margens do Coxipó, de forma a garantir os direitos pela descoberta à Capitania de São Paulo. A notícia da descoberta se espalhou e a imigração para a região tornou-se intensa.
Em outubro de 1722, índios escravos de Miguel Sutil, também bandeirante sorocabano, descobriram às margens do córrego da Prainha grande quantidade de ouro, maior que a encontrada anteriormente na Forquilha. O afluxo de pessoas tornou-se grande e até a população da Forquilha se mudou para perto desse novo achado. Em 1723, já estava erguida a igreja matriz dedicada ao Senhor Bom Jesus de Cuiabá, onde hoje é a basílica.

panoramica.jpg

Já em 1726, chegou o capitão-general governador da Capitania de São Paulo, Rodrigo César de Menezes, como representante do Reino de Portugal. No 1º de janeiro de 1727, Cuiabá foi elevada à categoria de vila, com o nome de Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuiabá.
Tem-se confundido muito a fundação do arraial da Forquilha por questões ideológicas. Estudos historiográficos há muito já traçaram a diferença entre uma e outra fundação, alegando-se que o 1° de janeiro seria a data de elevação do arraial da Forquilha à categoria de vila, o que é um contrassenso, pois não se pode fundar um município num lugar que só viria a ser descoberto anos depois. Porém, a data de 8 de abril se firmou como data do município, desejosa de ser a primeira do oeste brasileiro. Logo, contudo, as lavras se mostraram menores que o esperado, o que acarretou um abandono de parte da população.

 

Dados e Estatísticas

  • Área: 3.538,167 km²
  • Fundação: 8 de abril de 1719
  • População:  542.861 habitantes
  • Clima: Tropical

Atrativos Turísticos

O Palácio da Instrução foi foi inau-gurado em 15 de agosto de 1914 pelo então presidente do Estado Joaquim Augusto da Costa Marques. A arquitetura do prédio segue o esilo da época, com alicerces em pedra canga e cristal, paredes de adobes, com largura de 80 centímetros.
O Palácio da Instrução serviu como educandário por 57 anos, abrigando o Liceu Cuiabano, a Escola Normal, a Escola Modelo Barão de Melgaço e o Museu de História Nacional e Antropologia. Funcionou no local o Arquivo Pú blico e a Fundação Cultural de Mato Grosso. Abriga ainda a Biblioteca Pública Estadual Estevão Mendonça criada para apoiar o ensino e conservar a tradiçã histórica do Estado foi progredindo e se adaptando ao crescimento da cidade e do seu acervo.

palacio_instrucao.jpg


 

pantanal.jpg

 

 

O Complexo do Pantanal, ou simplesmente Pantanal, é um bioma constituído principalmente por uma savana estépica, alagada em sua maior parte, com 250 mil km² de extensão, altitude média de 100 metros, situado no sul de Mato Grosso e no noroeste de Mato Grosso do Sul, ambos Estados do Brasil, além de também englobar o norte do Paraguai e leste da Bolívia (que é chamado de chaco boliviano), considerado pela UNESCO Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera, localizado na região o Parque Nacional do Pantanal. Em que pese o nome, há um reduzido número de áreas pantanosas na região pantaneira. Além disso, tem poucas montanhas, o que facilita o alagamento. É um ds principais pontos turísticos do centro-oeste brasileiro.
A igreja é um dos marcos de fundação da cidade de Cuiabá, tendo sido construída em arquitetura de terra em torno de 1730, próximo às águas do córrego da Prainha, em cujas águas Miguel Sutil descobriu as minas de ouro que impulsionariam a colonização da região. Sua fachada, de grande simplicidade, é típica da arquitetura colonial brasileira e esconde a decoração barroca-rococó nos altares do interior, com rica talha dourada e prateada, única com esses detalhes no país. Construída inicialmente com a técnica da taipa de pilão, passou por várias reformas, incluindo uma que transformou sua fachada em neogótica, entre as décadas de 1920 e 1980, quando foi reformada e a arquitetura colonial resgatada. Tombada em 1975 pelo IPHAN, em 1987 pela Fundação Cultural de Mato Grosso e incluída no perímetro tombado do Centro Histórico de Cuiabá em 1993, é palco da Festa de São Benedito, mais longa festa religiosa do estado.

igreja_rosario.jpg

 

veu_noiva_chapada_guimaraes.jpg

 

 A Cachoeira do Véu de Noiva fica no Parque Nacional do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, há 12 km do centro da cidade junto ao Centro de visitantes do Ibama. Cartão postal da Chapada de Guimarães, a cachoeira é formada pelo rio Coxipó, com 86m de queda livre, é o principal ponto de visitação do Parque Nacional.

Além da cachoeira, o vale e as escarpas do morro - formadas de arenito - aumentam a beleza do local. A cachoeira pode ser observada a partir de um mirante próximo à administração do parque. Ou por baixo, através de uma trilha íngreme, que só pode ser feita com autorização do Ibama.
 

O parque Mãe Bonifácia é um parque urbano,  foi inaugurado em dezembro de 2000 e está localizado na Avenida Miguel Sutil, em uma área de 77 hectares.

Seu nome deu-se em homenagem a uma curandeira, escrava refugiada, conhecida por Mãe Bonifácia. Além do curandeirismo, Mãe Bonifácia controlava o acesso ao quilombo (. O parque possui cinco trilhas e cinco postos com equipamentos de ginástica, mirante, centro de educação ambiental e praça cívica. No local, pode-se ver a vegetação típica do cerrado, especialmente na época de florada, que ocorre por volta de agosto.

Os visitantes também podem ver alguns habitantes do cerrado, como o sagüi e outros pequenos primatas que vivem cruzando as trilhas do parque.
Além das atrações naturais, o parque também é o centro de várias atividades sociais e lazer, promovidas por empresas, ONGs e entidades estatais.

parq_mae_bonifacia.jpg

 

 

 

 

 



Diretora de Ensino Graciê Weber Chemin fala sobre a Faculdade Inspirar.